Segunda-feira, 25 de novembro de 2019 - 10h53
Clique Retire traz para o Brasil solução de retirada de compras on-line
Serviço e-Box estará disponível em pontos estratégicos dos grandes centros urbanos do país, com grande fluxo de pessoas

A Clique Retire, companhia que oferece soluções de autoatendimento, anuncia que passou a oferecer no Brasil, desde o último dia 11 de novembro, os serviços de e-Box, terminais para a retirada de compras on-line. A novidade está disponível em pontos estratégicos dos grandes centros urbanos do país, com grande fluxo de pessoas, como estações de transporte público, postos de combustíveis, shoppings centers e condomínios privados.

Segundo o CEO da Clique Retire, Marcio Artiaga, somente no Rio de Janeiro cerca de 47% dos moradores de áreas de risco têm restrição de acesso a fretes ou não possuem endereço postal, cenário que se torna uma barreira para a compra on-line. Por esse motivo, a capital fluminense foi escolhida para receber 40 e-Box nas estações de metrô.

Já há planos de expansão. A meta é ofertar a e-Box nas 1.230 lojas de conveniência BR Mania, hospedadas nos postos de combustível da BR Distribuidora de todo o Brasil. Nos próximos seis meses, os primeiros 200 terminais poderão ser encontrados em postos do Rio de Janeiro e São Paulo.

Divulgação

Até o final de 2020, a Clique Retire revela que terá 600 terminais de autoatendimento ativos distribuídos em três regiões do país para atender a alta demanda de clientes do comércio eletrônico. Serão 30 mil compartimentos disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana, para entrega e devolução de encomendas.

Segundo Artiaga, o serviço incentiva a compra on-line porque garante ao consumidor o recebimento do item. “No e-Box, 100% das entregas são concluídas, gerando a satisfação do cliente com todo o processo, desde a compra até a chegada do produto. A mesma facilidade acontece no caso de troca ou devolução”, diz.

O e-Box Clique Retire oferece, ainda, opções como retirada e entrega de serviços de lavanderia e compras de supermercado. “Queremos criar uma revolução do autosserviço no Brasil, ser o banco 24 horas dos pacotes”, afirma o CEO. Ainda segundo o executivo, a capilaridade do e-Box facilitará a entrega de tudo o que puder ser comprado pela internet e couber em um terminal de autoatendimento.

Operação

O serviço estará disponível durante o horário de funcionamento do estabelecimento em que estiver localizado. No Metrô Rio, o e-Box poderá ser acessado 20 horas por dia, sete dias da semana, entre os horários de abertura e fechamento das estações.

O e-Box Clique Retire também servirá de apoio logístico para os pontos comerciais instalados próximos ao local onde o terminal está situado. A ferramenta se tonará um mini-hub de distribuição. No Rio de Janeiro, por exemplo, vai permitir ao microempresário que atua dentro das estações de metrô receber seu estoque pelos terminais de autoatendimento. A distribuição consolidada de mercadorias do e-commerce na rede Clique Retire no Metrô do Rio será realizada pelo próprio sistema de transporte subterrâneo.

Já para o varejista, o serviço otimiza custos de frete e melhora o sistema de logística reversa, já que o e-Box pode ser usado também para devolver itens comprados pela internet. Outra vantagem é a efetivação da entrega no prazo estabelecido, já que a solução funciona como uma caixa postal.

Quanto ao cliente, ao finalizar a compra na internet ele insere o endereço virtual fornecido pela plataforma e escolhe em qual e-Box da Clique Retire a mercadoria deve ser entregue. Em seguida, recebe por SMS uma senha no formato QRCode para abrir o compartimento e retirar o produto comprado. A média de prazo para entrega é de 72 horas.