Quarta-feira, 4 de dezembro de 2019 - 12h44
Ativa Logística inaugura novo CD em Itapevi
Operador logístico investiu R$ 10 milhões na mudança de espaço na Grande São Paulo

A Ativa Logística inaugura hoje, dia 4 de dezembro, seu novo centro de distribuição localizado na cidade de Itapevi (SP). Com a novidade, o operador logístico especializado nos setores de saúde, beleza e bem-estar passa a atuar em um empreendimento maior e mais moderno, ampliando sua capacidade de armazenagem e movimentação.

O novo CD está situado no Condomínio CBSK, a apenas 2 km do espaço que a Ativa ocupava até então. Com 15,5 mil m² de área, as 10 mil posições-palete com as quais a companhia contava saltam para 15 mil. Além disso, há ainda uma área de expansão que poderá chegar a 20 mil m².

Com uma estrutura de última geração na construção de armazéns, o condomínio conta com soluções sustentáveis para gerar economia de energia e consumo de água, além de ser o primeiro empreendimento do setor de condomínios industriais e logísticos no Brasil a usar a tecnologia de fibra óptica Gigabit Passive Optical Network (GPON).

A Ativa investiu mais de R$ 10 milhões na mudança de CD, sendo grande parte desse montante direcionada à construção e adequação de uma área de temperatura controlada para atender em especial à indústria farmacêutica, foco do crescimento e aposta da companhia para os próximos anos. Foram realizados também investimentos em softwares de gestão de transporte e de armazenagem.

“A mudança vai nos permitir trabalhar em quatro frentes primordialmente: aumentar a nossa eficiência de atendimento, ampliar a produtividade e a rentabilidade operacional, conquistar mais clientes no setor farmacêutico e melhorar as condições de trabalho para nossos colaboradores”, destaca Clóvis Gil, presidente da Ativa Logística.

Igor Soares Ebert, prefeito da cidade de Itapevi, e Clóvis Gil, presidente da Ativa Logística

De acordo com Luiz Correia, gerente de Operações Logísticas da companhia, o novo CD vai registrar mais de 1,3 milhão de unidades de produtos, 100 mil caixas movimentadas e 25 mil notas fiscais expedidas mensalmente. Com a entrada de novos clientes estima-se um crescimento de 15% no faturamento em 2019 e 2020. Em 2018, a Ativa faturou R$ 300 milhões.

Os medicamentos deverão representar 40% do volume movimentado no local, atrás apenas dos cosméticos, que corresponderão a 50%. A Ativa prevê fechar o ano com crescimento de 17% na movimentação de cargas. Materiais gráficos, com 15%, e insumos farmacêuticos, equipamentos e materiais de saúde e alimentos, cada um com 5%, vêm logo depois dos medicamentos e dos cosméticos nas atividades do operador logístico.

A Ativa, que realiza atualmente 150 mil entregas mensais, conta com 18 filiais, localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espirito Santo e Curitiba. Desde o ano passado a companhia fortalece o conceito de integrador logístico em suas operações. Ela oferece o transporte pelo modal rodoviário desde sua fundação, há 23 anos, e há três anos passou a oferecer também o modal aéreo, com a aquisição da Trans Model Air Express.