Quinta-feira, 16 de janeiro de 2020 - 15h11
Splenda Offshore assume a administração do Porto de Angra dos Reis
Investidora também controla a operadora Bulkport no Porto do Forno, em Arraial do Cabo

A investidora Splenda Offshore assumiu, no dia 30 de dezembro de 2019, o controle acionário do Terminal Portuário de Angra dos Reis (TPar), localizado na Baía da Ilha Grande, no litoral sul do estado do Rio de Janeiro. Até então o empreendimento era arrendado pela empresa Technip Brasil.

Sob a nova direção, o TPar, que conta com uma área total de 78 mil m² e consiste em um importante centro logístico para apoio de projetos e movimentações de carga, passará por um projeto de expansão, ainda não detalhado pela nova administradora, que também controla a operadora Bulkport, no Porto do Forno, em Arraial do Cabo (RJ).

Com experiência  nos setores de óleo e gás e mineração, assim como em outros setores regulados por agências do governo, os executivos da Splenda Offshore pretendem transformar o Terminal Portuário em uma base para o mercado offshore devido à exploração de petróleo na camada do pré-sal. “Estamos motivados com a aquisição e com a certeza de prover serviços de alta qualidade como base portuária de apoio para as embarcações do pré-sal”, destaca Paulo Narcélio, um dos sócios da investidora.

“Estamos confiantes de que o TPar terá uma nova dinâmica. A Splenda tem um projeto de aproveitamento da localização estratégica de Angra para apoio às plataformas de exploração dos novos poços da Bacia de Santos, que fará do terminal uma importante base de apoio offshore, com novas oportunidades de negócios e de trabalho para Angra dos Reis”, analisa o diretor de Relações com o Mercado e Planejamento da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CRDJ), Jean Paulo Silva.

Com as mudanças, o TPar passa a contar com novo Conselho de Administração, formado pelos executivos Paulo Narcélio Amaral, Leandro Cariello e Luiz Menezes. Já a nova diretoria do terminal é formada por João Paulo Amaral, como diretor de Novos Negócios, Jefferson Martins, como CFO, Fábio Portugal, como diretor Comercial e Marcos Almeida, como diretor de Operações.