Terça-feira, 11 de fevereiro de 2020 - 11h12
Transben Transportes adquire 320 caminhões da Volvo
Com o negócio, montadora passa a ter 80% de participação na frota da transportadora

A Transben Transportes, empresa sediada em Brusque (SC), adquiriu junto à Volvo 250 modelos do caminhão FH e 70 unidades do VM, que se somam aos seus atuais 562 veículos. Com o negócio, a montadora passa a ter 80% de participação na frota da transportadora. O diretor Comercial de Caminhões da Volvo, Alcides Cavalcanti, conta que o negócio foi fechado no final de 2019 e que as primeiras entregas tiveram início este ano.

Os novos veículos irão reforçar a operação de logística da empresa para grandes clientes como Havan, Klabin, GDC Alimentos, TBM Fios e Britânia. A Transben opera no sistema de fretamento completo, transporta todos os tipos de carga da fábrica ou centros de distribuição até o cliente final com veículos dedicados com exclusividade à mercadoria das empresas que atende em todo o Brasil.

Divulgação

De acordo com o diretor Administrativo da Transben, Adriano Benvenutti, a transportadora encerrou 2019 com quase 1 milhão de toneladas de cargas transportadas, média de 80 mil por mês, e seus veículos rodaram ao todo 36 milhões de quilômetros. Ainda segundo o executivo, os números são 35% superiores a 2018 e, para 2020, a projeção é crescer 40%. O faturamento em 2019 alcançou R$ 250 milhões.

Benvenutti salienta que a empresa acompanha a evolução do mercado e investe sempre em inovação nos caminhões. “Isso nos ajuda muito em nossa estratégia de ser uma empresa ágil, segura e de tecnologia avançada”, resume.

O diretor explica que a companhia já testou e teve todos os tipos de caminhões. “O conhecimento do dia a dia mostra que os veículos Volvo entregam resultados bem superiores em custo operacional, durabilidade, conforto e pós-venda”, afirma.

Para Benvenutti, tão importante quanto a qualidade é a percepção de quem conduz os caminhões. “É o que motorista gosta, tem orgulho de dirigir. Não adianta ter um veículo robusto e forte que motorista não valorize”. Entre as muitas inovações e tecnologias, o executivo destaca o controle de médias dos caminhões Volvo. “Diesel é nosso maior custo. A Volvo permite monitorar onde o motorista acerta, erra e o que ajustar”, pontua.

A relação da Transben com a Volvo contempla, ainda, negócios com o banco, o consórcio, os planos de manutenção e as peças.