Quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 - 11h30
Bridgestone lança sensor para monitorar desgaste dos pneus em veículos autônomos
Smart Strain Sensor mede a mudança da tensão que ocorre quando um pneu faz contato com a estrada enquanto está em movimento

A Bridgestone Corporation desenvolveu uma tecnologia que estima a carga do eixo da roda e a condição de desgaste dos pneus de veículos autônomos usando sensores recém-desenvolvidos acoplados dentro dos pneus.

O Smart Strain Sensor incorpora tecnologias de Internet das Coisas (IoT). Além de rastrear a pressão e a temperatura da inflação dos pneus, a solução mede a mudança da tensão que ocorre quando um pneu está em uso. Um algoritmo é aplicado para converter os dados coletados pela tecnologia em informações de carga e desgaste dos pneus e depois são diretamente para uma nuvem.

A tecnologia de detecção que foi lançada anteriormente pela Bridgestone realiza medições baseadas em sensores de aceleração, que exigem certa quantidade de velocidade para obter dados. Já a nova tecnologia permite medir a tensão independente da velocidade. Por isso, a novidade capta dados mesmo com pouco movimento. Esse é um diferencial, pois se espera que os veículos autônomos sejam operados em baixas velocidades para maior segurança. Além disso, o algoritmo aplicado contribui para melhorias na vida útil da bateria do Smart Strain Sensor, que é importante para a implementação prática do sensor.

O Smart Strain Sensors permite ainda que os gerenciadores de veículos analisem informações remotamente, como a pressão do ar dos pneus, além de métricas referentes à carga e ao desgaste em tempo real.