Terça-feira, 31 de março de 2020 - 12h06
Ecopátio adota medidas para evitar aglomerações de veículos
Estrutura tem capacidade para 1.600 caminhões; somente a entrada de condutores agendados está liberada

O Ecopátio adotou uma série de medidas com o objetivo de evitar aglomerações de veículos no terminal. Vale ressaltar, porém, que a estrutura tem capacidade para 1.600 caminhões e não há lotação, uma vez que está liberada somente a entrada de caminhoneiros com agendamento.

Dentre as medidas, estão proibidas as visitas ao local, seja para uso da lanchonete, reuniões ou qualquer outro tipo de acesso. Foram implantados, ainda, pontos espalhados pelo terminal para delivery das lanchonetes, com o objetivo de evitar a concentração de pessoas na praça de alimentação. O preço da marmita foi reduzido e os caminhoneiros fazem o pedido e retornam para fazer refeições dentro do caminhão.

Divulgação

Além disso, foram retirados todos os talheres da praça de alimentação, bancos e televisões das áreas comuns. Já os banheiros químicos estão sendo espalhados pelo terminal, para evitar concentração de pessoas dentro dos banheiros. O Ecopátio implantou, também, a função pagamento de estadia em seu aplicativo, de forma a evitar aglomeração.

Para concluir, os caminhoneiros estão sendo orientados a não descer do veículo e estão recebendo informações por meio de carro de som e de panfletos distribuídos na entrada do terminal.

O Ecopátio é uma plataforma intermodal do Grupo EcoRodovias, localizada na Rodovia Cônego Domênico Rangoni a uma distância 23 quilômetros das duas margens do Porto (Guarujá e Santos) e a 50 quilômetros da cidade de São Paulo.

O local conta com 443 mil m² de área operacional, sendo 325 mil m² destinados ao atendimento dos veículos de carga que acessam o porto. A estrutura também oferece o serviço de Depósito de Contêineres Vazios (Depot) e atua como Recinto Especial de Despacho Aduaneiro de Exportação (Redex) e Armazém Geral.