Segunda-feira, 4 de maio de 2020 - 10h49
Santos Port Authority efetiva Fernando Biral na presidência
Eleição ocorreu em reunião extraordinária realizada no dia 30 de abril

O Conselho de Administração (Consad) da Santos Port Authority (SPA) elegeu, na última quinta-feira, dia 30 de abril, Fernando Biral como diretor-presidente efetivo da estatal. A indicação feita pelo Ministério da Infraestrutura foi aprovada em reunião extraordinária realizada por videoconferência.

Biral acumulará o cargo de diretor de Administração e Finanças até que seu sucessor seja indicado pelo ministério e referendado pelo colegiado. “Vamos cumprir o compromisso com foco em eficiência, profissionalismo e transparência. O projeto é robusto e, com a virada operacional e financeira realizada neste primeiro ano, trilhamos grande parte do caminho para conquistar a confiança do investidor e da comunidade”, diz o presidente empossado.

Formado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas, Biral especializou-se em Finanças, sendo certificado como Chartered Financial Analyst (CFA). O executivo atuou em diversas empresas do setor financeiro e, como diretor de Projetos, foi responsável por mais de 20 iniciativas para organizações como Embratel, Petrobras, Globo, Ambev e Du Pont, entre outras. Biral é docente da Fundação Instituto de Administração (FIA) da Universidade de São Paulo (USP), no curso de pós-graduação na área de Recuperação Judicial.

Biral ingressou na SPA em abril de 2019 e teve como missão otimizar o programa de investimentos da empresa. Entre as ações que liderou, destacam-se a reversão do prejuízo de R$ 468 milhões em 2018 em lucro líquido de R$ 87,3 milhões em 2019, o aumento do potencial de geração de caixa, o Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV) e o equacionamento do déficit histórico do fundo de pensão dos trabalhadores portuários, o Portus, com a garantia do recebimento dos benefícios por milhares de famílias.

“Revertemos prejuízos históricos em resultados operacionais e financeiros positivos. Teremos como desafio consolidar esses ganhos e posicionar a empresa em um novo patamar de geração de caixa e de lucros. No curto prazo, vamos trabalhar em conjunto com a Secretaria de Portos para acelerar os leilões de novos terminais e com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que está sendo contratado pela secretaria para a estruturação do projeto de desestatização, dando mais um passo para dinamizar e incentivar os investimentos privados no setor portuário”, diz Biral.

Ele havia sido foi nomeado para assumir o cargo de diretor-presidente interino em substituição a Casemiro Tércio Carvalho, que solicitou seu desligamento ao Consad em reunião ocorrida no dia 24 de abril. No dia 28 do mesmo mês, o Ministério da Infraestrutura formalizou a indicação de Biral como diretor-presidente da SPA, em ofício encaminhado ao Comitê de Elegibilidade da empresa, após análise feita pela Casa Civil.

“Estamos efetivando o nome de um gestor técnico para dar continuidade à política do governo federal de transformação e profissionalização do setor de portos. O Porto de Santos seguirá com uma gestão focada em eficiência, transparência e profissionalismo”, afirmou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.