Quinta-feira, 28 de maio de 2020 - 16h13
Scania entrega os primeiros caminhões movidos a GNV e biometano do Brasil
Veículos sustentáveis foram adquiridos pela RN Express e pela Jomed Log

A Scania entregou, no dia 26 de maio, os primeiros caminhões movidos a gás natural veicular (GNV) e biometano do Brasil. Dois veículos do modelo R 410 6x2 foram adquiridos pela RN Express e outros dois pela Jomed Log. Os quatro caminhões serão usados pelas duas empresas paulistas no transporte de produtos da L’Oréal.

A RN Express foi a transportadora que comprou o primeiro caminhão do tipo no Brasil, durante o Salão Internacional do Transporte – Fenatran, em outubro de 2019. Os dois R 410 rodarão na rota entre São Paulo e Rio de Janeiro. A Jomed Log também realizou a aquisição de seus caminhões movidos a GNV e biometano na Fenatrn, e ele serão utilizados em uma rota similar.

Divulgação

“Este momento é de grande alegria para a Scania no Brasil e no mundo. Celebrar a entrega dos primeiros caminhões a gás comprova que estamos no caminho certo liderando a mudança para um sistema de transporte mais sustentável”, afirma Silvio Munhoz, diretor Comercial da Scania no Brasil. “A Scania, a RN Express e a Jomed Log entram juntas para a história comprovando que estão, de fato, contribuindo para a redução das emissões de CO2 no planeta. Temos certeza que essas duas transportadoras e seus embarcadores servirão de modelos para outras empresas.”

De acordo com a Scania, o R 410 está equipado com as mais modernas tecnologias do mercado, como o pacote de conectividade para tornar a operação ainda mais rentável, treinar os motoristas e ajudar os clientes na gestão mais assertiva e econômica dos veículos. As empresas optaram por adquirir o Pacote Desempenho, que permite o acompanhamento em tempo real tanto do veículo como da forma de condução, e garante um retorno imediato do investimento.

Os caminhões pesados Scania movidos a GNV e biometano são vocacionados para médias e longas distâncias. Seus motores são Ciclo Otto (o mesmo conceito dos automóveis) e construídos para serem 100% a gás e biometano ou usando uma mistura de ambos. Os motores têm garantia de fábrica, alta tecnologia, desempenho consistente e força semelhante ao caminhão a diesel, além de serem 20% mais silenciosos.