Sexta-feira, 29 de maio de 2020 - 9h16
Ceva Logistics reforça operação de suprimentos médicos na América Latina
Companhia planeja e gerencia todas as etapas do processo em movimentações realizadas no Brasil, Chile e Peru

A Ceva Logistics divulga que intensificou a entrega de suprimentos médicos em toda a região da América Latina. Entre as ações, destaque para a movimentação de respiradores no Brasil e no Chile e a entrega de máscaras faciais no Peru.

A operação brasileira foi desenvolvida em conjunto com a General Motors. O trabalho da Ceva consiste em coletar respiradores hospitalares danificados, enviá-los para reparo – sob responsabilidade da GM – e, depois de recuperados, entregá-los aos hospitais. Ao todo, são mais de 35 pontos de manutenção localizados em 19 estados do Brasil, com capacidade para realizar a manutenção de 3.600 respiradores, com a montadora atuando em cinco dessas unidades reparadoras instaladas nas regiões Sudeste e Sul.

O operador logístico atuou na calibração dos equipamentos, transporte de embalagens e suprimentos de manutenção. Para isso, contou com o apoio de outros prestadores de serviços de transporte, como Alfa Transportes, HD Transportes, Suttle Transportes e Rápido Paraná.

No Chile, a empresa movimentou 72 respiradores mecânicos produzidos pela Medtronic e destinados ao Ministério da Saúde.

Já as máscaras faciais foram movimentadas para a Huawei, que doou 2 toneladas do equipamento ao governo peruano. Nessa operação, a Ceva gerenciou e entregou uma remessa urgente de frete aéreo proveniente do México com destino ao Peru.

Para a diretora executiva da Ceva Logistics, Nadia Ribeiro, as equipes da empresa na região se intensificaram. “Ser capaz de fornecer aos nossos clientes serviços para entregar equipamentos vitais é uma parte fundamental dos nossos esforços.”