Terça-feira, 9 de junho de 2020 - 10h11
DHL aplica óculos de realidade aumentada em operação da Canon
Empresa revela que equipamento reduziu em 60% o tempo de coleta e gerou mais assertividade no processo

A DHL Supply Chain e a Canon, multinacional de câmeras, lentes e impressoras, fecharam um acordo e trouxeram para o Brasil o seletor de visão com lentes de realidade aumentada. Os óculos são aplicados na área de armazenagem da divisão de e-commerce de câmeras da Canon no Brasil. O projeto de implantação de realidade aumentada começou em dezembro de 2018, com o desenvolvimento do hardware e da interface em português. Em fevereiro e março de 2019 foram realizados os primeiros testes, com o equipamento entrando em operação completa em abril de 2019.

Agora, as companhias divulgam os primeiros resultados, como uma redução de 60% no tempo médio de coleta. Vale lembrar que além da tecnologia as empresas desenvolveram configurações sistêmicas do software de gestão de armazenagem (WMS) e melhorias no layout operacional.

Há outras vantagens identificadas com a aplicação do equipamento. As empresas destacam, por exemplo, o ganho quanto à assertividade do processo graças à interface mais amigável. O modelo utilizado é o Google Glass Enterprise Edition, executando o seletor de visão xPick, cujo software foi totalmente personalizado para operação com desenvolvimento da provedora de soluções Ubimax.

Divulgação

Os óculos são utilizados por quatro funcionários simultaneamente, em dois turnos. O equipamento mostra nas lentes as informações do produto que deve ser recolhido, sua localização no armazém e seu local de posicionamento no carrinho de coleta. Os produtos manipulados são registrados com um scanner em formato de anel, deixando as mãos livres.

De acordo com o diretor de Operações da DHL Supply Chain, Norton Batista, o equipamento é fácil de usar, visual e intuitivo, dispondo ainda de recursos de ativação por voz e recomendação dos melhores trajetos dentro do armazém. “Com isso, aprimoramos nossa eficiência operacional, acuracidade de picking e reduzimos erros, tempo de escaneamento e, drasticamente, o período de treinamento de colaboradores”, garante.

A nova tecnologia faz parte, informa o operador logístico, de um projeto que envolveu a renovação antecipada do contrato da DHL com a Canon, a troca da plataforma de gestão e a quase eliminação do uso de papel no trâmite dos produtos dentro do armazém. A DHL presta para a fabricante serviços como recepção, armazenagem e expedição de produtos, etiquetagem e reembalagem, gestão de inventário, e-commerce para câmeras e peças de reposição. No centro de distribuição da DHL, são armazenadas impressoras, plotters e seus suprimentos, câmeras e peças.

Batista revela que há planos de expandir a utilização dos óculos para outras linhas de produtos da Canon no Brasil, especialmente para facilitar a contagem cíclica de inventário. “Além disso, essa tecnologia tem muito potencial no Brasil e estamos conversando com outras empresas interessadas”, diz.