Terça-feira, 23 de junho de 2020 - 11h17
Braskem investe em centro de exportação nos Estados Unidos
Unidade, localizada em Charleston, expande a atuação global da companhia

A Braskem anuncia que expandiu sua rede de centros de exportação com uma nova unidade na cidade portuária de Charleston, no estado da Carolina do Sul, na costa leste dos Estados Unidos. A iniciativa refletirá no mercado brasileiro uma vez que amplia a capacidade de atuação global da companhia.

Com previsão para ser concluído no terceiro trimestre deste ano, o novo centro terá capacidade operacional de 204 mil toneladas anuais e fornecerá serviços de embalagem e armazenagem para apoiar as unidades de produção de polipropileno (PP) da Braskem nos Estados Unidos, especialmente a Delta, que está em fase de construção em La Porte, no estado do Texas.

Segundo o vice-presidente da Braskem na América do Norte, Mark Nikolich, a companhia está voltada para reinvestir em seus negócios e em sua posição para apoiar clientes em todo o mundo. “A construção de nosso novo centro global de exportação na Carolina do Sul nos permite aproveitar nossa matéria-prima, ativos de produção de polímeros no Golfo do México, na Pensilvânia e Virgínia Ocidental para atender melhor às necessidades de nossos clientes ao redor do mundo”, diz.

O executivo ressalta ainda que o local, que conta com acesso às redes ferroviárias e rodoviárias nacionais, torna-se uma importante unidade de logística e distribuição, pois aumenta a capacidade de exportação internacional da empresa na América do Norte.

Atualmente, a Braskem conta com centros de distribuição dos seus produtos em dez países nas Américas e na Europa, que permitem à petroquímica brasileira escoar, anualmente, mais de 16 milhões de toneladas anuais de resinas termoplásticas e outros produtos químicos para mais de 100 países.