Quinta-feira, 9 de julho de 2020 - 10h22
Ecovias realiza obras de melhoria da infraestrutura na entrada de Santos
Concessionária conclui construção da alça do Viaduto Alemoa e passarela no km 64 da Via Anchieta

A Ecovias informa que os motoristas que saem do Porto de Santos (SP) com destino a São Paulo agora passarão pela nova alça do Viaduto Alemoa, localizada na altura do km 64 da via Anchieta. Com 406 metros de extensão e duas faixas de rolamento, a estrutura eliminou o entrelaçamento que ocorria na rotatória do Peixe e vai permitir a construção de uma faixa de rolamento na Via Anchieta, sentido Santos, segregando o acesso da cidade do acesso ao porto que, por sua vez, será feito pela Marginal, e vai garantir maior fluidez ao tráfego e segurança viária.

O Alemoa é o segundo viaduto dos três que estão sendo construídos pela Ecovias para reformulação da entrada de Santos. Em novembro passado, o viaduto Anchieta, localizado na altura do km 65, foi aberto ao tráfego. Com ele, o fluxo de veículos que chega à entrada da cidade pode ser separado dos carros que seguem em direção à zona noroeste e São Vicente, pela Avenida Nossa Senhora de Fátima.

Divulgação

“As obras da entrada da cidade, como um todo, estão bastante avançadas. O viaduto Alemoa vai melhorar o tráfego de todos os usuários da região, mas especialmente dos motoristas de veículos pesados, os caminhoneiros, que agora contam com um trajeto mais rápido e mais seguro”, explica o diretor-superintendente da Ecovias, Ronald Marangon.

A concessionária também entregou a segunda passarela de pedestres prevista no pacote de obras. Ela está localizada na altura do km 64 da via Anchieta e interliga os bairros Chico de Paula e Alemoa. A outra, instalada no km 62 da mesma rodovia, também foi entregue em novembro aos moradores dos bairros do Jardim Piratininga e Jardim São Manoel.

Os trabalhos, que estão sob responsabilidade da Ecovias, já estão 85% concluídos. O terceiro e último viaduto a ser entregue, o Piratininga, localizado na altura do km 62 da via Anchieta, está com 98% de sua estrutura já pronta. Além disso, a ciclovia do km 60 ao km 65 da rodovia, ligando Jardim Casqueiro e Vila dos Pescadores, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos, está com 80% de suas obras realizadas.

Além dos viadutos e passarelas, a Ecovias também está concluindo um trabalho de macrodrenagem das águas pluviais na região. Juntamente com os serviços que estão sendo realizados pela prefeitura de Santos, as obras da Ecovias ajudarão a reduzir os alagamentos nos períodos de chuvas intensas.

Com investimentos de R$ 270 milhões, a entrada de Santos está sendo remodelada entre o km 59 e km 65 da rodovia Anchieta, para que o tráfego de entrada e saída da cidade ocorra apenas pelas pistas centrais, enquanto o fluxo do porto aconteça pelas pistas laterais. Para isso, a via marginal da Anchieta, que atualmente opera em mão dupla, será adaptada para funcionar apenas no sentido do litoral, enquanto a SP-148 (Avenida Bandeirantes), sob jurisdição do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), será adequada para operar apenas na direção da capital.

As obras preveem ainda a implantação de vias locais para facilitar o acesso aos bairros Jardim Piratininga, Jardim São Manoel e São Jorge, a ciclovia ligando Jardim Casqueiro e Vila dos Pescadores, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos, e a implantação de duas novas passarelas nos km 62 e km 640, em substituição às existentes nesses locais.

A nova configuração tem como objetivo eliminar os conflitos viários existentes atualmente, melhorar o acesso da via Anchieta aos bairros do entorno e à zona portuária, aumentar a capacidade de tráfego na região e oferecer mais segurança viária aos usuários da rodovia.