Sexta-feira, 10 de julho de 2020 - 9h43
Players do mercado debatem as transformações nos serviços logísticos de última milha
Assista à integra do webinar realizado em parceria entre a Tecnologística e o Instituto Coppead

A Tecnologística e o Instituto Coppead, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), promoveram, no dia 8 de julho, o webinar Desafios e Oportunidades do Last Mile.

O evento online, moderado por Leonardo Marques, professor de cursos de mestrado, doutorado e MBA executivo do Coppead, contou com a participação de Bruno Henrique Souza, vice-presidente de Operações da Sequoia Logística, Gilberto Avi, head de Serviços e Atendimento ao Cliente da Nespresso Brasil, e Ricardo Araujo, sócio-fundador e co-CEO da Kangu.

Os executivos falaram sobre as mudanças nos serviços logísticos de última milha que surgiram devido às demandas dos próprios clientes, em especial com o isolamento social, que impulsionou as vendas do e-commerce. Segundo eles, desenvolver novas soluções é um dos desafios impostos pelo mercado para as empresas que atuam no last mile, envolvendo serviços de entrega, coleta e logística reversa.

Segundo eles, houve um aumento nos volumes e, com isso, cresceu ainda mais a necessidade de atender às demandas minimizando os possíveis erros. E isso foi possível pois as empresas de logística investem cada vez mais na estruturação prévia das operações, com treinamento e capacitação dos funcionários e o emprego de novas tecnologias.

Com essa nova realidade, inclusive com o conceito de omnichannel cada vez mais forte, as cidades passaram a apresentar uma nova dinâmica e os serviços de last mile precisaram se adequar a isso. Assim, novas soluções foram moldadas e novos modelos de trabalho surgiram, inclusive com a logística sendo adaptada à realidade de cada local, tornando-se cada vez mais orgânica.

Um dos principais temas abordados foi a sustentabilidade dessas operações, com a utilização de bicicletas e veículos elétricos e também com a descentralização dos estoques, como lojas operando como minicentros de distribuição.

Os participantes ressaltaram ainda que as empresas de logística e os embarcadores estão abertos às inovações e que ainda mais mudanças devem ser propostas e colocadas em prática nos próximos anos, processo que foi acelerado devido à pandemia do coronavírus.

Clique aqui para assistir à integra do webinar Desafios e Oportunidades do Last Mile.