Terça-feira, 21 de julho de 2020 - 10h54
Leilão de terminais no Porto de Santos será adiantado
Certame que ocorreria no segundo trimestre de 2021 acontecerá ainda este ano

O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal antecipou a previsão de leilão das áreas STS 08 e STS 8A, no Porto de Santos (SP). Destinadas à armazenagem e distribuição de granéis líquidos e gasosos, elas devem ser licitadas ainda este ano. Antes, a previsão era de que os leilões ocorressem no segundo trimestre do próximo ano.

As duas áreas, que constituem as maiores licitações portuárias realizadas no país até hoje, somam investimentos da ordem de R$ 1,4 bilhão por parte dos futuros arrendatários.

Divulgação

A área denominada STS 08 possui 137.319 m² e é destinada à armazenagem e distribuição de granéis líquidos, especialmente combustíveis. O prazo contratual será de 25 anos e os investimentos previstos totalizam R$ 209,6 milhões. Os futuros arrendatários do terminal pagarão à autoridade portuária pelo uso da área o valor mensal de R$ 1.516.139,05 e mais R$ 9,35 por tonelada movimentada. Com a licitação, o Porto de Santos vai ganhar também mais dois berços para a movimentação de granéis líquidos minerais.

Já a área denominada STS 08A possui 305.688 m² e é destinada à movimentação e armazenagem de granéis líquidos e gasosos. Os investimentos a serem feitos no terminal totalizam R$ 1,196 bilhão ao longo dos 25 anos do contrato. Pelo uso da área, os futuros arrendatários deverão pagar o valor mensal fixo de R$ 3.202.636,72 e mais R$ 7,13 por tonelada movimentada.