Terça-feira, 15 de setembro de 2020 - 9h44
Ceva tem novos escritórios no Equador e no Uruguai
Estruturas reforçam a presença da companhia na América Latina

Como parte de sua expansão estratégica nos mercados da América Latina, a Ceva Logistics inaugurou oficialmente escritórios no Equador e no Uruguai, países em que atuava até então por meio de parcerias comerciais. Com as estruturas próprias, a companhia passa a oferecer aos seus clientes uma linha completa de serviços multimodais.

No Equador, as operações aéreas, marítimas e terrestres serão sediadas em Guayaquil e as operações multimodais foram estabelecidas na capital, Quito. As equipes da Ceva no Equador continuarão atendendo aos clientes locais existentes e desenvolverão negócios para fornecer soluções de ponta a ponta para os setores de perecíveis, consumo e petróleo e gás.

De acordo com a própria companhia, o país representa um mercado estratégico na região e apresenta grande potencial, em especial com sua produção de perecíveis altamente diversificada, com flores, cacau, frutos do mar, frutas e vegetais. Além disso, o Equador oferece acesso aos principais mercados de exportação andinos, como Colômbia e Peru, além dos Estados Unidos, da Ásia e da Europa.

Com sede em Montevidéu, a operação própria da Ceva no Uruguai atenderá especialmente os clientes do setor agropecuário, com foco na exportação de produtos como arroz, frutas cítricas, madeira, couro, carne e laticínios. A equipe também terá como alvo certos mercados-chave, como os setores tecnológico, industrial e de saúde.

A Ceva oferecerá aos clientes uma série de serviços multimodais em logística aérea, marítima, rodoviária e de contrato. Isso incluirá serviços intermodais para a Argentina e o Paraguai, juntamente com serviços de desembaraço aduaneiro para importação e exportação. O principal foco de exportação será marítimo e terrestre, incluindo o transporte multimodal até a Argentina e o Paraguai. O Uruguai é um polo logístico da região graças ao Porto de Montevidéu, principal ponto de partida do tráfego marítimo, principalmente das remessas do Paraguai.

Como parte do Grupo CMA CGM, a Ceva informa que vai criar sinergias para desenvolver novos serviços terrestres nacionais e internacionais. Além disso, a Mercosul Line, um dos principais competidores no mercado nacional brasileiro de transporte marítimo de contêineres, será um ativo fundamental para promover ainda mais os negócios entre Brasil, Uruguai e Paraguai.

“Nossos serviços na América Latina estão crescendo em um ritmo acelerado e essa expansão da nossa rede própria de escritórios é o próximo passo para atender aos nossos clientes e oferecer serviços cada vez mais inovadores, além dos melhores da categoria”, destaca Nadia Ribeiro, vice-presidente executiva da Ceva para a América Latina.