Sexta-feira, 25 de setembro de 2020 - 9h04
Governo do estado entrega obras da nova entrada de Santos
Projeto recebeu investimento de R$ 270 milhões e tem entre os objetivos melhorar o fluxo de veículos na Rodovia Anchieta

O Governo do Estado de São Paulo entregou ontem, dia 24 de setembro, as últimas obras que compõem a nova entrada da cidade de Santos (SP), projeto desenvolvido pela prefeitura com o apoio do estado, entre o km 59 e km 65 da Rodovia Anchieta (SP-150). Foram concluídos o Viaduto Piratininga km 62, as marginais Norte e Sul em sentido único, a agulha de trânsito do km 61 da SP-150 Sul, as vias locais de acesso a bairros e as ciclovias.

O projeto das obras estaduais do complexo, desenvolvido por meio do acordo da concessionária Ecovias com a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) recebeu investimentos de R$ 270 milhões e teve início em abril de 2018. As intervenções possibilitaram a reformulação dos acessos aos bairros próximos à Rodovia Anchieta, à zona industrial da Alemoa, à área portuária e às cidades de Santos e São Vicente.

A nova entrada de santos contempla uma série de intervenções, entre elas os viadutos Piratininga (km 62+000), Alemoa (km 64+560) e Reio do Futebol, antigo Anchieta (km 65+000); a implantação de vias locais para facilitar o acesso aos bairros Jardim Piratininga, Jardim São Manoel e São Jorge; uma ciclovia do km 60 ao km 65 da rodovia, ligando o Jardim Casqueiro, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos; e a implantação de duas novas passarelas nos km 62+500 e km 64+350, em substituição às existentes nesses locais. Além disso, foi realizada a reconstrução do pavimento e melhorias na Avenida Bandeirantes (SP-148).

Segundo o governo do estado, as obras irão proporcionar à população da Baixada Santista melhoria do fluxo de veículos no acesso à cidade, que ocorrerá apenas pelas pistas centrais, enquanto o tráfego do porto será realizado exclusivamente pelas pistas laterais. A via marginal da Anchieta, que atualmente opera em mão dupla, foi adaptada para funcionar apenas no sentido litoral, enquanto a SP-148 (Avenida Bandeirantes), sob jurisdição do DER, também passou por alterações e vai operar apenas na direção da capital.

A nova configuração visa melhorar, ainda, o acesso da Rodovia Anchieta aos bairros do entorno e à zona portuária, além de aumentar a capacidade de tráfego na região e oferecer mais segurança viária aos usuários da rodovia.