Sexta-feira, 4 de dezembro de 2020 - 10h51
Blue Yonder aplica WMS em 22 centros de distribuição da SuperFrio
Empresas atuam em conjunto há três anos e capacidade gerenciada chega a 1,8 milhão de m³

A Blue Yonder informa que a SuperFrio tem usado o seu sistema de gerenciamento de armazéns (WMS, na sigla em inglês) nos últimos três anos e vem experimentando crescimento à medida que transforma digitalmente seus centros de distribuição (CDs) e aperfeiçoa o atendimento aos clientes da cadeia de frio.

Hoje, o operador logístico que atua no segmento de frigorificados possui 1,8 milhão de m³ de capacidade de armazenamento nos 27 centros instalados, sendo cinco em construção, por todo o Brasil. Vale lembrar que as 22 estruturas que operam são equipadas com o WMS da Blue Yonder.

“O WMS da Blue Yonder nos permite focar em nosso negócio principal. Hoje crescemos em um ritmo extremamente rápido e temos sido capazes de integrar rapidamente novos CDs ou existentes, bem como iniciar novas e complexas operações em qualquer um de nossos armazéns. Com a Blue Yonder, a SuperFrio mantém este crescimento, enquanto aperfeiçoa as operações dos centros logísticos frigorificados”, diz o CEO da SuperFrio, Francisco Moura.

A chave para o crescimento acelerado da SuperFrio foi otimizar o tempo necessário para concluir operações complexas nos armazéns. A empresa reduziu a partida de operações complexas de dois meses para três semanas e encurtou o tempo de start up de operações de paletes fechados – sem picking – de uma semana para 24 horas.

Divulgação

Já o sistema da Blue Yonder também aperfeiçoou o atendimento ao cliente. As caixas movimentadas com picking pela SuperFrio alcançaram uma taxa de precisão de 99,95%, bem como um aumento na produtividade do armazém que reduziu em 16% os custos de mão-de-obra.

“Nossos clientes têm total visibilidade de suas operações, e conseguimos realizar integrações com seus sistemas ERP de maneira rápida e robusta, uma inovação na logística refrigerada na América do Sul. O robusto Blue Yonder WMS permite escalabilidade infinita, a custos competitivos e com uma velocidade adequada à forte demanda de crescimento”, pontua Moura.

Já o Partner Success Director Brasil da Blue Yonder, Samuel Baccin, conta que nos últimos três anos a companhia tem sido parte integrante da transformação digital do operador logístico.

“A SuperFrio está emergindo entre as maiores empresas de logística frigorificada, não só na América Latina, mas globalmente, já que a empresa ocupa o 15º lugar no ranking de maior porte.  Os executivos da empresa têm uma grande comunidade de apoio que troca experiências entre si para ter um desempenho cada vez melhor,aproveitando ao máximo nosso WMS”, afirma  Baccin.