Quarta-feira, 13 de janeiro de 2021 - 11h49
Transpipeline recebe 120 caminhões para o transporte de gás natural
Extrapesados VW Meteor 29.520 6x4 irão operar com carreta especial criogênica

A Transpipeline agregou a sua frota as primeiras 120 unidades do novo caminhão extrapesado VW Meteor 29.520 6x4. Os veículos irão operar com carreta especial criogênica para o transporte de gás natural que será usado para gerar energia elétrica e atender ao consumo de residências e empresas no estado de Roraima.

A transportadora que comprou os veículos é especializada em transporte de cargas na região Norte (fluvial e rodoviária) e responsável pela operação de transporte no trecho de 1.100 quilômetros, que abrange os pontos do Projeto Integrado Azulão, na cidade de Silves (AM), até o projeto de Jaguatirica, na cidade de Boa Vista, de responsabilidade da Eneva, Companhia de Energia Integrada do Brasil. A Transpipeline conta com bases de apoio a operação com estrutura de suporte aos motoristas e veículos.

“Os novos caminhões têm configuração ideal para a nossa aplicação, oferecendo robustez, economia e o custo de operação mais viável, além da capilaridade da marca, que tem concessionárias no Amazonas e em Roraima, as bases da nossa operação”, diz o diretor da Transpipeline, Wigner Rezende.

Divulgação

A viagem começa na Bacia do Amazonas, na área do Campo do Azulão, no Amazonas. Lá o gás é obtido e liquefeito numa usina de tratamento para estocagem e transporte como GNL.

De lá, os novos caminhões partem para a viagem por rodovias até a Usina Jaguatirica, em Boa Vista, onde a energia gerada pelo gás natural é interligada à rede de transmissão elétrica de Roraima, abastecendo mais de 70% do consumo do estado.

Configuração

O VW Meteor 29.520 6x4 é o caminhão mais potente da VW Caminhões e Ônibus. Ele é equipado com motor Man D26 de 13 litros, com 520 cavalos de potência e 2.500 Nm de torque. Além disso, é dotado com a transmissão automatizada V-Tronic com caixa Traxon de 12 e 16 velocidades.

O cavalo mecânico 6x4 foi desenvolvido para o transporte rodoviário de cargas de médias e longas distâncias. Opera com Combinações Veiculares de Carga de sete e nove eixos, com Peso Total Bruto Combinado (PBTC) de 57 a 74 toneladas.