Quinta-feira, 4 de março de 2021 - 10h17
Banco Mercedes-Benz fecha 2020 com R$ 12,8 bilhões em carteira
Outra marcar conquistada no período foi os R$ 4,7 bilhões em novos negócios

O Banco Mercedes-Benz calcula que atingiu a maior carteira de sua história em 2020 ao alcançar a marca de R$ 12,815 bilhões. Com isso, a instituição financeira informa que superou em 2,2% o recorde histórico do ano anterior, de R$ 12,538 bilhões. Outra conquista do período ressaltada pela companhia é o resultado de R$ 4,756 bilhões em novos negócios, alcançando o desempenho registrado em 2014, o segundo melhor ano do Banco no país, apesar de esperada retração em comparação ao também recorde de R$ 5,586, alcançado em 2019.

Segundo a empresa, a estratégia de digitalização de serviços e operações iniciada nos últimos anos e as ações de suporte aos clientes durante o período tiveram um papel decisivo para sustentar os bons resultados. Logo no início da pandemia, em março, a instituição lançou dois canais digitais de atendimento dedicados especialmente para suportar as necessidades de renegociação, resultando em 24% dos contratos da carteira renegociados em 2020 com agilidade e conveniência, beneficiando milhares de clientes.

“Em 2020, fixamos como nossa missão prioritária manter e estreitar nossa relação com os clientes”, afirma o diretor Comercial do Banco Mercedes-Benz, Diego Marin Além disso, revela o completa o executivo, a agilidade na renegociação, a criação de linhas de crédito e condições especiais de financiamento foram fundamentais. “Em parceria com a fábrica, pudemos flexibilizar os prazos de pagamento em até seis meses e oferecer taxas especiais. Isso permitiu que as pessoas e empresas se reorganizassem e dessem continuidade a seus negócios ou sonhos com mais tranquilidade,” completa.

Os segmentos de automóveis e vans obtiveram crescimento no volume de financiamentos frente aos números registrados em 2019. Mantendo a tendência, o setor de vans foi o que mais cresceu percentualmente, com 6,1%, totalizando R$ 315 milhões, contra os R$ 297 alcançados no ano anterior. O segmento de caminhões, que havia registrado aumento de 55% em 2019, fechou o ano com R$ 2,592 bilhões de recursos liberados, ainda representando o principal negócio do Banco Mercedes-Benz.

O Banco também teve atuação relevante no mercado de usados, com um volume de R$ 185 milhões contratados em 2020, um salto de 12,1% em relação aos R$ 165 milhões obtidos em 2019. A boa performance deve-se em grande parte à forte parceria com a SelecTrucks, revenda de caminhões usados da Mercedes-Benz, que ficou ainda mais relevante durante a pandemia.

Mais números

Além do recorde em carteira, o Banco Mercedes-Benz, por meio da Mercedes-Benz Corretora de Seguros, também registrou o melhor ano de sua história em seguros. Foram emitidos R$ 167 milhões em prêmios, representando alta de 9,7% em relação a 2019. O volume de negociações também aumentou em 6%, figurando entre as seis maiores operações de seguros da Daimler no mundo.

“Os resultados consistentes que conquistamos em um momento tão desafiador, tanto para a economia quanto para as pessoas, são reflexos de uma estratégia sólida de crescimento, em parceria com a fábrica e a rede de concessionários, aliada aos esforços de toda nossa equipe em desenvolver e oferecer as melhores soluções financeiras e de seguros para nossos clientes, prezando sempre pela excelência e inovação”, ressalta Marin.