Segunda-feira, 22 de março de 2021 - 11h07
Log-In divulga resultados financeiros e operacionais de 2020 e comemora desempenho
Companhia registrou no acumulado do ano receita líquida de R$ 1,1 bilhão e Ebitda de R$ 309,5

A Log-In Logística Intermodal , empresa 100% brasileira, de soluções logísticas, movimentação portuária e navegação de cabotagem e longo curso, divulgou os resultados referentes ao quarto trimestre e o consolidado de 2020.

No acumulado do ano, a Log-In superou as metas planejadas pré-pandemia e atingiu receita líquida recorde de R$ 1,1 bilhão e Ebitda de R$ 309,5 milhões, 24,7% maior que 2019.

Já de outubro a dezembro, a empresa registrou lucro líquido de R$ 133,4 milhões, alta de 888% sobre o mesmo período do ano anterior. Em 2020, o lucro ficou em R$ 13 milhões. Já a Receita Operacional Líquida foi de R$ 321,8 milhões, 21,3% acima do quarto trimestre de 2019, e o Ebitda alcançou a marca recorde de R$ 104,5 milhões, 71,6% superior.

De acordo com o diretor-presidente da Log-In, Marcio Arany, a companhia encerrou 2020 retomando os volumes obtidos antes da pandemia e ainda mais preparada para enfrentar novos desafios e aproveitar oportunidades. “Aumentamos a base de clientes, ampliamos volumes e expandimos o mix de cargas, tornando nossa carteira mais diversificada e robusta. Além disso, lançamos serviços para melhorar a experiência do cliente e a gestão da carga de forma mais eficiente. Outro ponto que vale destacar é que, apesar das adversidades enfrentadas ao longo do ano, não deixamos de operar um dia sequer em nossos navios e terminais.”

Navegação

Em 2020, a Log-In entregou melhores volumes na navegação, com crescimento nos serviços de Feeder e Cabotagem. A boa performance foi refletida na Receita Operacional Líquida recorde de R$ 260,3 milhões no quatro trimestre, 21,6% maior na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já o Ebitda somou R$ 91,3 milhões, uma alta de mais de 100% sobre 2019. No consolidado anual, o Ebitda da navegação respondeu por R$ 270,6 milhões, crescimento de 34,5%.

Um dos destaques de 2020 na Navegação foi a aquisição do navio Log-In Endurance, período em que a Log-In passou a operar com 100% de frota própria. Também foi lançada a rota Paraguai, com escala no porto de Assunção e conexão marítima em Buenos Aires, possibilitando a ligação dos principais portos do Brasil ao Paraguai.

Somente no quarto trimestre, a navegação da Log-In transportou 105 mil TEUs de contêineres contra 88.700 TEUs no quatro trimestre de 2019, incremento de 18,4%. Entre as principais cargas movimentadas no período destaque para alimentos e bebidas, químicos e petroquímicos, eletroeletrônicos, papel, celulose, madeira, MDF, produtos de higiene e limpeza, e embalagens. No consolidado do ano foram movimentados um total de 370.300 TEUs de contêineres.

TVV

O ano de 2020 foi o ano em que o Terminal de Vila Velha (TVV) se consolidou, segundo a empresa, como multipropósito, diversificando seu portfólio com uma maior movimentação de carga geral (granel), especialmente de produtos siderúrgicos. O Ebitda foi de R$ 30,2 milhões no quarto trimestre (72,6%) e R$ 97,3 milhões no consolidado do ano (21,5%).

Já a Receita Operacional Líquida atingiu R$ 57,3 milhões no último trimestre de 2019 (29,3%) puxada por um melhor mix de carga geral. Em relação a volumes, de outubro a dezembro, o terminal alcançou a marca de 50.100 TEUs de contêineres movimentados, enquanto que as cargas gerais responderam por 114.900 toneladas no mesmo período, e 509.100 t ao longo de todo ano de 2020. O terminal registrou também um incremento na receita de armazenagem e gestão logística de mercadorias, em complemento aos transportes marítimo e rodoviário, representando nossos primeiros contratos firmados em soluções 3PL.

Hoje, o TVV opera também como prestador de serviços logísticos acessórios para importadores e exportadores, e não somente como um terminal para embarque e desembarque de cargas. Outro destaque do ano foi a renovação da concessão de arrendamento do terminal até 2048, com investimentos previstos da ordem de R$ 120 milhões até 2022.

“Todas as realizações só foram possíveis por uma conjunção de fatores: planejamento, disciplina financeira, competência operacional e trabalho integrado de nossas equipes. Para este ano, seguiremos no firme propósito de construir relações rentáveis e sustentáveis com os nossos clientes, com foco total em segurança e eficiência operacional, suportados por um time extremamente competente e comprometido para entregar os melhores resultados”, pontua Arany.