Sexta-feira, 23 de abril de 2021 - 10h29
Mikke Amâncio assume gestão da Rangel Logística no Brasil
Executivo tem a missão de estruturar portfólio de serviços logísticos integrados para obras de arte no país

O executivo Mikke Amâncio foi nomeado para comandar a unidade de negócios da portuguesa Rangel Logística para os segmentos de obras de artes, exposições culturais e feiras comerciais no mercado brasileiro. Com mais de 25 anos de experiência em logística, dez deles no segmento de artes, feiras comerciais e exposições, Amâncio tem passagens por empresas como GenteLog, Abrange Logística, Gramense Farmacêutica, Fiorde Logística, TTI Events e Millenium Transportes e Logística.

Na Rangel, o executivo tem a missão de estruturar o portfólio de serviços logísticos integrados para obras de arte no país. “Galeristas, colecionadores e expositores brasileiros terão com a Rangel a melhor opção de serviços logísticos com total segurança, em qualquer parte do Brasil e da Europa, utilizando uma única empresa, algo que ninguém mais pode oferecer atualmente”, afirma Amâncio.

Além da expertise em logística, o portfólio de serviços que o novo executivo está estruturarando contará com o braço financeiro da Rangel na Europa para viabilizar transações e os serviços da empresa de desembaraço fiscal e aduaneiro para obras de arte.