Terça-feira, 1 de junho de 2021 - 11h26
Nimbi fecha acordo com a Hub Fintech e cria a infraestrutura tecnológica de seu banco digital
Empresa passa a prover serviços financeiros aos usuários da sua solução de gestão de frete 100% digital e gratuita

A Nimbi, empresa de tecnologia com soluções voltadas para as áreas de compras e logística, contratou a Hub Fintech, que desenvolve soluções Banking as a Service para o mercado B2B2C e que oferece soluções para conta digitais, recebíveis e pagamentos corporativos no modelo White Label, para construir a infraestrutura tecnológica do banco digital que passará a oferecer aos seus clientes e que deve transacionar R$ 1 bilhão até dezembro de 2021.

A partir disso, a Nimbi passa a prover serviços financeiros aos usuários da sua solução de gestão de frete 100% digital e gratuita que integra em um único local todo o processo de planejamento de viagem, negociação, emissão de documentos, antecipação de recebíveis e pagamento, com o compromisso de ser a plataforma dos transportadores e caminhoneiros.

“A Hub Fintech oferecia tudo o que nós precisávamos para criar um banco digital, ou seja, os processos, a geração de boletos e tudo mais que envolve regulamentos bancários por estar conectada ao Banco Central e aos demais parceiros”, conta o diretor de Produto da Nimbi, Diogo Louro.

O executivo destaca ainda que  com a Hub foi possível delegar o desenvolvimento dessas soluções internamente e, consequentemente, poder concentrar o foco de atuação no core business da empresa.

Os clientes da Nimbi que utilizarem a conta digital desenvolvida pela Hub Fintech receberão um cartão bandeirado, a Tag do vale-pedágio já vinculada à conta para utilização em praças de pedágio e poderão antecipar recebíveis para os transportadores e caminhoneiros, obtendo mais controle financeiro dos valores referentes ao pagamento do frete e do vale pedágio.

"Esperamos que até dezembro de 2021 tenhamos mais de 5 mil usuários das contas digitais. Todo esse potencial é possível considerando que o mercado de fretes movimenta bilhões por ano e está carente de soluções inovadoras para atender esse público”, diz o CEO da Hub Fintech, Alexandre Brito.