Quarta-feira, 9 de junho de 2021 - 11h49
Iochpe-Maxion assina acordo de inovação com a Inovabra Habitat
É a terceira iniciativa da empresa nesta direção, que já conta com um escritório de inovação em Berlim, o Maxion Advanced Technologies

A Iochpe-Maxion assinou um acordo com o Inovabra Habitat, espaço de coinovação do Bradesco, e passa a usufruir e colaborar com o ecossistema de inovação.  A iniciativa é a terceira da empresa nesta direção, que já conta com um escritório de inovação em Berlim, o Maxion Advanced Technologies, sediada em The Drivery, comunidade e marketplace de inovação em mobilidade da Europa. Mais recentemente, a empresa fechou acordo com a startup AutoBahn, plataforma de inovação aberta, promovida pela empresa alemã Plug and Play, que fornece uma interface entre empresas de tecnologia inovadoras e corporações líderes do setor.

“A indústria automotiva passa por uma grande transformação e a Iochpe-Maxion deseja participar ativamente desse processo para que possamos capitalizar novas oportunidades de crescimento, aprimorando nosso portfólio e melhorando a competitividade dos produtos dos nossos clientes”, afirma o presidente e CEO da Iochpe-Maxion, Marcos Oliveira.

O executivo completa dizendo que estar presente e atuante nos ecossistemas que reúnem startups, provedores de tecnologia e empresas do setor em prol da inovação e mobilidade é parte relevante da estratégia de negócios conectando os negócios atuais ao futuro da indústria.

No Inovabra a empresa alavancará, principalmente, o lançamento contínuo de desafios de negócio, uma vez que as startups poderão apresentar propostas de valor para contribuir na resolução dos mesmos e adição de valor, como por exemplo, otimizar o processo de orçamento de peças. Existe, ainda, a intenção de executar sessões de coinovação com o ecossistema para identificar oportunidades de negócios.

Maxion Advanced Technologies (MAT)

Inaugurado há um ano, o MAT tem o objetivo de pensar além dos desafios operacionais do dia a dia e conectar o negócio atual com o futuro da mobilidade.

Segundo a empresa, desde o início foi possível estabelecer contato com novas empresas talentosas e companhias externas a fim de debater tópicos como materiais avançados, rastreabilidade, micromobilidade, economia circular, IA, blockchain, manufatura aditiva e muito mais.

Por meio das interações, a empresa revela que pode se conectar com o ambiente de inovação global, colaborar com a próxima geração de tecnologia e criar valor para o negócio, aprendendo, cultivando e crescendo com o novo ecossistema de mobilidade.