Quarta-feira, 30 de junho de 2021 - 10h09
Volkswagen entrega primeiro caminhão elétrico à Ambev
e-Delivery 6x2 tem capacidade par 14 toneladas faz parte do lote das 100 primeiras unidades adquiridas pela cervejaria

A Volkswagen Caminhões e Ônibus entregou à Ambev o primeiro caminhão elétrico do lote de 100 unidades adquiridas pela cervejaria. Os veículos fazem parte do plano da Ambev de ter 1.600 modelos VW com essa tecnologia zero emissões na sua frota parceira até 2025. Este será o primeiro caminhão elétrico Volkswagen a operar nas ruas, não mais como um protótipo. Trata-se de um e-Delivery 14 toneladas 6x2.

Vale lembrar que todos os modelos anteriores ainda estavam em fase de desenvolvimento e validação da tecnologia concebida pela montadora. Com o acordo junto à Ambev, foram mais de 45 mil quilômetros rodados nesses testes, deixando de emitir mais de 34 t de CO2 e de consumir mais de 10 mil litros de diesel. O ciclo também confirmou um potencial de regenerar cerca de 40% da energia desprendida na frenagem ou mesmo em desacelerações do veículo e, assim, alimentar as baterias.

Segundo o vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev, Rodrigo Figueiredo, a jornada de economia de baixo carbono da Ambev teve início há quase 20 anos, com foco na eficiência energética e mudanças da matriz para biomassa e gás natural. “De lá para cá, temos um imenso orgulho das nossas conquistas e iniciativas pioneiras para que, do campo ao copo, as nossas metas ambientais ambiciosas sejam alcançadas com rapidez. Desde 2003, já reduzimos 63% das nossas emissões como um todo.”

O executivo ressalta ainda que a logística é parte essencial, com o fomento de uma tecnologia 100% brasileira. Além disso, completa, com o negócio junto à Volkswagen Caminhões e Ônibus as empresas estão inovando juntos e criando soluções para compartilhar com todo o mercado e outras empresas.

Ativo

Concebido por uma equipe dedicada de e-Mobility, o e-Delivery foi produzido na fábrica da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ), que recentemente deu início à montagem em série desses modelos elétricos, tornando a planta apta a realizar essa operação em larga escala.

“Vamos colocar em operação junto com a Ambev uma frota de cem caminhões elétricos circulando pelas ruas do país até o fim de 2021. Estamos avançando no mesmo ritmo que a tecnologia se desenvolve em economias mais avançadas, como a europeia e a norte-americana, graças ao know-how de nossos engenheiros brasileiros. E não paramos por aí, em breve teremos mais novidades para anunciar sobre todo o ecossistema que criamos para viabilizar a introdução da mobilidade elétrica no Brasil”, conta o presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus, Roberto Cortes.

A montadora revela que investiu cerca de R$ 150 milhões no desenvolvimento e complexo produtivo do e-Delivery. A empresa construiu uma nova área dedicada exclusivamente à eletrificação, o e-Shop. O centro mundial de pesquisa e desenvolvimento da marca também passa a abrigar a maior infraestrutura de carregadores de alta potência do Brasil, com diferentes modelos, para dar apoio a toda essa inovação. Todos os funcionários da empresa receberam uma capacitação específica para atuarem nesse novo cenário.

Além do investimento na aquisição dos veículos, a Ambev está inaugurando mais de 44 usinas solares em todo o Brasil, que, juntamente com outros projetos de energia renovável, vão produzir eletricidade o suficiente para atender 100% dos 93 centros de distribuição (CD) da companhia pelo país. Assim, 100% destes caminhões elétricos que prestarem serviço para a Ambev serão alimentados por energia renovável quando a frota estiver completa.

Com o acordo entre Ambev e Volkswagen, 1.600 caminhões VW elétricos serão utilizados na distribuição de bebidas até 2025. Isso significa que mais de 1/3 da frota que atende a cervejaria será composta por veículos VW movidos a energia limpa, deixando de emitir mais de 36 mil t de carbono em sua cadeia logística por ano.