Quinta-feira, 15 de julho de 2021 - 16h09
Transpotech prevê crescimento de 25% no faturamento
No acumulado do ano passado a empresa registrou um acréscimo de 30%

A Transpotech, locadora de empilhadeiras da marca Still, anunciou a expectativa de alcançar uma frota superior a 1.500 máquinas locadas até o fim de 2021, o que representaria um crescimento de cerca de 25% no faturamento. A empresa informa que investiu cerca de R$ 75 milhões de abril de 2020 até o momento, somente em empilhadeiras novas para locação, para atender a um mercado crescente.

“Aproveitando as oportunidades e a alteração na cadeia logística em 2020 fizemos investimentos em quatro cidades, incluindo Indaiatuba, no interior de São Paulo, próximo à fábrica da Still, que serve de ponto logístico para toda a companhia. Foram adquiridas mais de 100 máquinas somente no ano de 2020, com a pandemia iniciando seus estragos no Brasil. Otimizando processos, implementando o regime home office com o setor administrativo e proporcionando segurança para todos que estavam prestando serviços, foi na pandemia que a empresa apresentou seu resultado histórico”, aponta Ricardo Cristiano Oribka, CEO da Transpotech, que registrou um crescimento de 30% nas receitas no ano passado.

A empresa já com instalações nas cidades de Blumenau (SC), Joinville (SC), Curitiba, Nova Santa Rita (RS) e Indaiatuba. No último ano a Transpotech expandiu os negócios e abriu mais três filiais nas cidades de Caxias do Sul (RS), Passo Fundo (RS) e Maringá (PR), para suprir demandas do mercado.

Oribka revela que, além da abertura das três novas unidades, a empresa realizou melhorias nas demais e também no centro de distribuição próprio em São Paulo. “Com o objetivo de estar mais perto dos clientes, melhorar o atendimento e continuarmos os mais ágeis no mercado, foram criadas mais de 43 novas unidades móveis de manutenção, com carros equipados com ferramental. Estamos preparados e buscamos alcançar a meta de 100% da frota locada. Já estamos presentes em dois países e oito estados, com 187 carros-oficina e sete caminhões de frota para transporte”, destaca.