Terça-feira, 14 de setembro de 2021 - 10h11
Porto de Paranaguá inicia operações do pátio para estacionamento de caminhões
Estrutura foi concebida pela Fastfrete, disponibiliza 240 vagas e oferta serviços variados aos condutores

O Porto de Paranaguá (PR) deu início as operações de seu primeiro pátio para estacionamento de caminhões que permite pernoite aos motoristas. O terminal, segundo dados divulgados pela gestão, recebe cerca de 2 mil motoristas de caminhões para descarregar diferentes tipos cargas todos os dias, especialmente no auge do escoamento da safra.

Localizado próximo ao pátio de triagem do Porto de Paranaguá, o novo pátio disponibiliza 240 vagas, possui circuito interno de segurança, monitoramento 24 horas, banheiros com duchas, cozinha, área de convivência e área de lazer. No local também entrará em operação em breve um supermercado, consultório médico e odontológico.

A iniciativa é da Fastfrete, empresa que já atua com sistema eletrônico de gestão e cotação de frete e que também possui um aplicativo voltado para os caminhoneiros autônomos. O aplicativo, focado no segmento de agronegócio, contém informações sobre cargas disponíveis para transporte. Ao chegar no pátio e fazer o cadastro no aplicativo, o motorista tem algumas vantagens.

Divulgação

“Estamos disponibilizando uma opção segura, com conforto para o motorista que possui um papel fundamental no transporte de cargas. Enquanto aguarda para descarregar ou após ter feito a descarga na faixa portuária, o motorista pode descansar para seguir viagem, tendo a sua segurança física preservada”, afirma o acionista da Terminais Portuários da Ponta do Félix (TPPF) e um dos investidores do empreendimento, Valdécio Bombonatto.

Outra novidade instalada no novo pátio de caminhões é a possibilidade de realizar o serviço de limpeza da carroceria do caminhão com jato de ar. O sistema consiste em um soprador, que acelera o processo de limpeza e evita que o motorista tenha que subir na carroceria para realizar a limpeza manual. Isso também reduz o risco de quedas e de contato com insetos e animais peçonhentos, por exemplo. Todos os serviços oferecidos no novo pátio de caminhões possuem valores diferenciados para transportadoras cadastradas na plataforma FastFrete.

O diretor Operacional da Fastfrete, Paulo Henrique Tonello, afirma que as ações da empresa têm como foco proporcionar maior conforto ao caminhoneiro autônomo e gerar oportunidades de conectar a cadeia logística, aumentando a oferta de serviços.

“Trazemos uma solução que também contribui para reduzir tempo de entrega do produto para exportação ou que chega de importação. Outro benefício é a possibilidade de aproveitar o frete de retorno, evitando que os caminhões transitem vazios, rentabilizando a operação”, garante Tonello.