Quinta-feira, 14 de outubro de 2021 - 14h29
Prosegur Cash oferece transporte de cargas especiais com caminhões blindados no Nordeste
Serviço chega à região para oferecer mais segurança aos setores eletroeletrônico, de telecomunicações, fármacos e joias

A Prosegur Cash, unidade de negócio responsável pelos serviços de logística de valores do Grupo Prosegur, passa a oferecer o serviço de transporte de cargas especiais com caminhões blindados na Região Nordeste do Brasil. Os estados da Paraíba e de Pernambuco são os principais pontos de partida dos veículos, que vão desde trucks até rodotrens, para atender às indústrias de eletroeletrônicos, telecomunicações, farmacêuticos, joias e grandes varejistas.

O serviço de transporte de cargas com alto valor agregado da Prosegur atende empresas de pequeno, médio e grande portes. A frota de caminhões blindados tem veículos com capacidade de armazenamento de até 48 paletes. A empresa oferece em seus caminhões todos os serviços que demandam o transporte desse tipo de carga, incluindo escolta, seguro da carga, auditoria de segurança, gerenciamento de risco e o transporte em si.

Divulgação

“Hoje, com a presença cada vez maior de produtos high-tech, houve um crescimento exponencial na demanda por transporte de eletroeletrônicos que, no país, ainda possui um alto índice de sinistralidade”, comenta Sérgio França, diretor Comercial e de Estratégia da Prosegur Cash. “A Prosegur expandiu sua área de atuação com o serviço de transporte de cargas especiais para a Região Nordeste, concentrado anteriormente no Sudeste, por reconhecer a importância econômica da região para o país. Com a nossa frota de caminhões blindados, monitorados em tempo real e com segurança embarcada podemos oferecer em uma única solução todos os serviços que o cliente necessita para transportar sua carga de alto valor agregado, contando com toda segurança que demanda esse tipo de carga”.

No Brasil, atualmente a empresa possui 1.760 veículos blindados que transportam valores e cargas especiais, com atuação em todos os estados, chegando a 4.456 municípios brasileiros. Todos os veículos são equipados com fechaduras randômicas, sistema de videomonitoramento, sensores que podem ser aferidos em tempo real pela Central de Monitoramento de Cargas Valiosas, entre outros sistemas.