Quarta-feira, 20 de outubro de 2021 - 15h05
Volvo Construction Equipment apresenta novas máquinas elétricas
Carregadeira e escavadeiras chegam para aumentar a gama de equipamentos da empresa

A Volvo Construction Equipment está lançando na Europa três novas máquinas elétricas compactas: a carregadeira L20 Electric e as escavadeiras EC18 Electric e ECR18 Electric. Com os lançamentos, a empresa aumenta sua gama de equipamentos elétricos e reafirma seu compromisso com um futuro sustentável no setor de construção.

A L20 Electric, baseada na versão L25 elétrica, apresenta uma carga útil de 1,8 tonelada e articulação do tipo paralelo, que oferece grande visibilidade sobre o acessório em uso, maior altura de elevação, bem como movimentos 100% paralelos. Prevista para entregar até seis horas de trabalho ativo por carga, o equipamento elétrico reduz a manutenção em 30% e vem com opções de pacote de bateria de 33kWh ou 40kWh. Além de condições de trabalho mais tranquilas, proporcionadas pela quase ausência de ruído, o conforto da operação foi melhorado graças ao novo freio de estacionamento automático com funcionalidade de sustentação em subida, além de uma gama personalizável de modos de trabalho.

DIvulgação

Fácil de operar e transportar, a escavadeira EC18 Electric é compacta e de baixo custo para aplicações de 1,8 tonelada. Seu material rodante variável se retrai para menos de 1 metro e se expande até 1,35 metro, permitindo que caiba nas áreas mais apertadas. O design da máquina garante que o canto correto do chassi, o poste giratório e o cilindro fiquem dentro da largura das lagartas, resultando em visibilidade máxima e reduzindo o risco de danos à máquina ao trabalhar ao lado de obstáculos. Além de controles ergonômicos, um ambiente de trabalho espaçoso e configurações personalizáveis, ela também oferece a opção de uma cabine fechada e climatizada.

Já a escavadeira ECR18 Electric foi criada para proporcionar a mesma estabilidade e experiência do operador que os clientes esperam de sua similar a diesel, mas com o benefício extra de baixos ruídos, baixa vibração e sistema hidráulico de resposta mais rápida, graças ao torque imediato. Com a previsão de quatro horas de trabalho ativo por carga, dependendo do ambiente e da tarefa, a ECR18 Electric também se beneficia de um raio de cauda ultracurto, perfeito para espaços confinados. Ela foi projetada tendo a durabilidade em mente, com seu contrapeso de alto perfil, painéis de aço em toda a volta e mangueiras no interior da lança.

As três novas máquinas vêm com um carregador integrado, permitindo carregar de 0 a 100% em menos de seis horas. Com um carregador rápido off-board opcional, a L20 Electric é totalmente carregada em apenas duas horas, enquanto a ECR18 Electric e a EC18 Electric em 80% em até 1,25 hora.

Os três novos modelos já estão disponíveis para reservas online, com entregas programadas para 2022. “Demonstramos, mais uma vez, que soluções sustentáveis não são apenas uma promessa, mas uma verdadeira inovação. A crescente gama de máquinas elétricas da marca proporciona aos usuários um ambiente de trabalho mais limpo, silencioso e confortável, e agora com uma oferta ainda maior para atender às diferentes necessidades operacionais dos clientes”, declara Melker Jernberg, presidente da Volvo CE.

Os equipamentos seguem o projeto da Volvo CE de alcançar emissões zero de gases de efeito estufa na cadeia de valor do setor até 2040. Paralelamente, a empresa desenvolve soluções de célula a combustível de hidrogênio e produtos de motor de combustão interna mais sustentáveis. Esses objetivos fazem parte da meta do Grupo Volvo de ter pelo menos 35% de sua gama total de veículos totalmente elétricos até 2030.

“Estamos orgulhosos de liderar a luta de nossa indústria contra as mudanças climáticas como a fabricante com a maior linha de máquinas elétricas do mundo. Não estamos apenas entregando soluções para uma forma mais sustentável de trabalhar. Estamos também acrescentando mais força aos negócios de nossos clientes com a mais ampla gama de opções possível para melhor atender às suas necessidades”, diz Jernberg.