Quarta-feira, 24 de novembro de 2021 - 10h16
Lotes do Tecnópolis já estão disponíveis para a aquisição
Estrutura possui uma área total de 661.338 m², divididos em 304 lotes de 1.200 m²

O Tecnópolis, loteamento de terrenos empresariais com área total de 661.338 m², divididos em 304 lotes de 1.200 m² foi lançado nesta segunda quinzena de novembro e já está sendo comercializado. Com investimento de R$ 56 milhões para a concepção das estruturas e recursos totais empregados de R$ 360 milhões e previsão de criação de 200 empregos diretos e indiretos, o local servirá como um portal logístico empresarial para quem decidir se instalar no bairro Anchieta, no centro industrial da Grande Porto Alegre, e com acesso às principais rotas de transporte e escoamento de produção da capital gaúcha – Aeroporto Salgado Filho, Freeway, BR-116, BR-448, BR-101, BR-386 e RS-240.

“Nós esperamos que se instalem na região setores de logística, comércio e indústrias não poluentes. Com o aporte que as empresas farão, o investimento na região deve chegar a R﹩ 1 bilhão ao longo dos anos, sem dúvida é algo único para Porto Alegre”, destaca o diretor Comercial do Grupo Ábaco, empresa que atua no segmento da construção urbanização, Aldo Cairuga.

A infraestrutura projetada para a região também visa atender a todas as necessidades de produção, armazenagem, distribuição e prestação de serviços, além de focar no bem-estar daqueles que trabalharão na região. O local também conta com ruas pavimentadas e com redes de água e esgoto de dimensões adequadas para o fluxo de veículos maiores e coletivos, ciclovias e calçadas com acessibilidade e sistema de segurança em todo o perímetro do loteamento com câmeras de segurança em pontos estratégicos.

Divulgação

Com o foco no Novo Urbanismo, que valoriza as pessoas, estão projetadas áreas exclusivas de descanso às equipes de trabalho, espaços e equipamentos de lazer, como praças e lagos e 9.389m² de área verde. A ideia da urbanização é que o local, apesar de ser empresarial, sirva também como um ponto de encontro dos moradores da região e que toda a estrutura de lazer instalada no canteiro central do empreendimento se torne um grande parque linear para os cidadãos desfrutarem.

Entre as contrapartidas estabelecidas à capital pela instalação do empreendimento na Zona Norte, serão investidos cerca de R$ 6 milhões que já estão em andamento – reforma da Casa de Bombas 06 do DMAE, que atende todo o bairro Anchieta e Ceasa, inclusive a drenagem do Aeroporto Salgado Filho, retificação do canal do DNOS, que facilitará o escoamento da drenagem do Aeroporto e do bairro Anchieta, Ceasa até a casa de bombas. Além disso, toda a área foi aterrada com materiais oriundos de descarte da construção civil principalmente das obras da Copa do Mundo.