Segunda-feira, 22 de março de 2010 - 15h15
LLX divulga balanço de 2009 e investimentos para 2010

Com dois grandes projetos portuários ainda em fase de construção, empresa registrou prejuízo de R$ 48,7 milhões no ano

A LLX Logística, pertencente ao Grupo EBX, divulgou seu balanço financeiro de 2009 e investimentos previstos para 2010. A Pedreira Sepetiba, único negócio em operação atualmente, alcançou receita líquida consolidada de R$ 16,6 milhões. Em razão das despesas com os dois grandes projetos portuários ainda em fase de construção e implantação, o resultado da companhia foi um prejuízo de R$ 48,7 milhões. Apesar disso, a empresa encerrou o ano com R$ 481,9 milhões em caixa, valor que superou em 92% o montante do ano anterior, que foi de R$ 250,5 milhões.

Na mesma ocasião foram divulgados os investimentos previstos para 2010, que somam R$ 1,848 bilhão. Só para o Superporto do Açu, localizado em São João da Barra (RJ) e em fase pré-construção, o aporte será de R$ 1,1 bilhão. Com área superior a 600 hectares, o empreendimento se destinará ao armazenamento e à movimentação de carga entre as operações em terra e os terminais marítimos ao longo dos píeres. A LLX já tem, no entanto, 66 memorandos de intenção assinados por empresas que pretendem se instalar no porto. Em setembro, a companhia fechou acordo comercial com a Votorantim para a implantação de uma unidade produtiva de cimento no complexo.

Já o Porto Sudeste, localizado em Itaguaí (RJ), receberá R$ 741 milhões do montante. Com profundidade de 21 metros e retroárea de 52 hectares, o terminal terá capacidade para movimentar 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano já na primeira fase. O empreendimento deverá escoar a produção de outra empresa do grupo, a MMX Mineração e Metálicos, além da carga de outros produtores do quadrilátero ferrífero de Minas Gerais. Com a licença para a construção concedida pela Antaq – Agência Nacional de Transportes Aquaviários – no mês passado, as obras deverão começar ainda este semestre e a previsão é de que o Porto Sudeste esteja operando já no final de 2011.

www.llx.com.br