Quinta-feira, 20 de maio de 2010 - 14h32
BDP projeta crescer 25% no Brasil até final do ano

Com cinco contratos fechados desde janeiro, operadora aposta na conquista de novos clientes, sobretudo no segmento químico, para suportar a meta

A BDP International estima um aumento de 25% no faturamento de sua divisão no Brasil. A operadora especializada nos mercados químico e petroquímico vem de crescimento de 100% em 2008 e 25% em 2009, e aposta na recuperação da demanda para igualar o índice do ano passado. “Mas além do desenvolvimento orgânico, acreditamos também na conquista de novos clientes, sobretudo no setor químico”, informa Roberto Croce, gerente geral da empresa no país.

Embora não possa citar os nomes dos novos clientes, o executivo conta que a BDP já fechou cinco contratos de janeiro até agora, além de estar em fase final em algumas concorrências. “O mais recente deles, cujo início está marcado para junho, diz respeito à gestão de importação e exportação de uma companhia em todo o país, serviço que será realizado pela célula paulista da empresa. Projetamos desembaraçar e gerenciar impostos, entre outras atividades, de cerca de quatro mil operações por ano, só para esse cliente”, conta Croce.

Para dar suporte à meta de crescimento estabelecida para o ano, estão previstos aportes, sobretudo, em capacitação e tecnologia. “Faz parte da política da BDP investir, todos os anos, entre 5 e 8% do faturamento na própriaempresa. Além do treinamento de pessoal, empregamos boa parte dos recursos no desenvolvimento e na aplicação de softwares que nos complementem as operações. Nosso sistema operacional, por exemplo, é próprio”, afirma.

www.bdpinternational.com