Terça-feira, 25 de maio de 2010 - 12h07
Vocollect abre escritório no Brasil

Representação é responsável por gerenciar parceiros e prospectar negócios

 A Vocollect, companhia que fornece soluções de captura de dados por meio de voz para operadores móveis, abriu, no último mês de março, um escritório no Brasil. Sob responsabilidade da gerente de Desenvolvimento de Negócios para o país, Paula Saldanha, a representação tem como meta estreitar o relacionamento da empresa com seus parceiros, analisando o dia a dia das operações, e prospectar negócios.

O diretor de Desenvolvimento de Negócios para a América Latina, Carlos Kamimura, diz que fora dos Estados Unidos – América Latina, Ásia e Europa – a companhia atua com representantes. No Brasil, os parceiros que oferecem os produtos da Vocollect atuam, principalmente, junto a fornecedores de WMS. “Com o escritório em São Paulo pretendemos expandir os negócios no Brasil, por meio de novas parcerias com empresas WMS. Além disso, agora nossos canais de venda terão um ponto de contato no desenrolar das negociações, principalmente os clientes com demandas específicas”, afirma.

Kamimura conta que o trabalho nestes três primeiros meses de operação do escritório será o de realizar um balanço sobre o posicionamento da companhia no Brasil e otimizar os negócios da empresa por meio da definição de uma estratégia de vendas sustentável e parcerias sólidas. “Temos crescido, mas nossa intenção é crescer ainda mais”, diz. Para ilustrar a afirmação, o executivo divulga alguns números. De acordo com ele, em 2009, o país representou entre 10% e 15% dos negócios da empresa na América Latina. O México, o mais representativo, fechou com participação entre 60% e 70%. “Nossa expectativa é muito alta, uma vez que o Brasil apresenta sinais positivos de crescimento, incentivando o mercado nacional a buscar maior competitividade aos seus processos logísticos”, acrescenta.

Para aumentar os índices de vendas no Brasil foram estabelecidas para o escritório duas funções primordiais. A primeira tarefa está relacionada à coordenação do esforço de venda dos parceiros e à melhoria contínua dos processos, com a troca ou adição de fornecedores se necessário. A segunda função é estreitar a relação junto a empresas que fornecem soluções completas para a logística em centros de distribuição.

Kamimura conta que neste primeiro mês de operação do escritório já foi possível averiguar algumas informações e definir ações pontuais. “Verificamos que há necessidade de melhorias no processo de vendas. É preciso que os vendedores apresentem melhor os benefícios de nossos produtos”, diz. Para solucionar a questão, o executivo adianta que serão realizados treinamentos comerciais. Além disso, ressalta, mais um parceiro será colocado em operação. O nome da empresa ainda não pode ser divulgado. A gerente terá papel fundamental neste processo. Isso porque ela, agora, estará diretamente envolvida nas questões comerciais.

A expectativa para este ano é otimista devido à abertura do escritório. “Nossa meta é que o Brasil represente entre 20% e 25% do faturamento da companhia na América Latina, estimado este ano em US$ 3,5 milhões”, calcula.

www.vocollect.com