Terça-feira, 1 de março de 2011 - 11h26
Panalpina compra a norueguesa Grieg Logistics

Com a aquisição, a Panalpina agrega ao grupo mais serviços de encaminhamento de frete, transporte doméstico, armazenagem, distribuição e liberação alfandegária

A Panalpina, grupo mundial de logística, acaba de adquirir 100% da Grieg Logistics, empresa norueguesa especializada em serviços de encaminhamento de frete, transporte doméstico, armazenagem, distribuição e liberação alfandegária com operações em 14 localidades.

A Grieg Logistics foi estabelecida em 1969 como uma unidade de negócio separada no Grupo Grieg e é líder no fornecimento de serviços de logística para os setores de petróleo e gás, remessas e marítimo na Noruega. Os serviços marítimos e as operações portuárias da Grieg, no entanto, não fazem parte da venda e continuarão operando sob o nome Grieg Logistics SA após o encerramento.

Embora não revele o valor da negociação, a Panalpina divulgou que a aquisição dos negócios principais da Grieg Logistics acrescentará cerca de NOK 400 milhões (CHF 67 milhões) ao faturamento anual do Grupo. 

O atual CEO da Grieg Logistics, Rune Birkeland, apoiará uma transição uniforme dos negócios centrais da Grieg Logistics para a organização atual da Panalpina na Noruega, ao mesmo tempo em que permanecerá no Grupo Grieg. A empresa adquirida será renomeada e fará negócios sob o nome “Panalpina Grieg” temporariamente. As operações norueguesas serão gerenciadas por Erik Hutter, que comandou o setor vertical de Petróleo e Gás da Panalpina nos últimos nove anos.

Segundo Monika Ribar, CEO da Panalpina, a aquisição da empresa é um importante passo na estratégia de crescimento da Panalpina. “A expectativa é aliar a sólida experiência da Grieg Logistics no setor de petróleo e gás na Noruega, com a experiência da Panalpina neste setor para que, juntas, possamos expandir nossa presença global em petróleo e gás e impulsionar nosso know-how conjunto em logística”, considera.

A presidente do Conselho da Grieg Logistics, Elna-Kathrine Grieg lembra que, com a união das empresas, será possível oferecer uma rede mundial completa e integrada aos clientes. “Com a divisão de encaminhamento de frete de nossos negócios vendida para uma empresa com posição igualmente forte nos mesmos mercados fora da Noruega, esperamos que a atividade norueguesa também seja fortalecida”, estima.

www.panalpina.com.br