Quarta-feira, 30 de maio de 2012 - 12h35
Proimport passa a utilizar estrutura da Capital Realty em Itajaí
Companhia ocupa, agora, uma área de 11.797 m² com capacidade para 6.400 posições-palete; 4 mil m² são destinados à armazenagem blocada

A Proimport Brasil, companhia que atua no setor de comércio atacadista e exterior, informou ao mercado, neste mês de maio, que centralizou suas operações no Estado de Santa Catarina. Para isso, a companhia anuncia que passou a ocupar uma área de 11.797 m² no Mega Centro Logístico Itajaí, da Capital Realty.

Segundo o supervisor de Logística da Proimport, Magnos Bortolini, o local conta com 20 docas e tem capacidade para 6.400 posições-palete. Além disso, divulga, parte da área total – 4 mil m² – será utilizada para a estocagem blocada. Anteriormente, explica o supervisor, a companhia atuava num espaço com 5 mil posições-palete e 3 mil m² de armazenagem blocada.

Bortolini anuncia que o novo espaço concentrará atividades operacionais de importação, armazenagem e distribuição de lâmpadas, artigos de viagens, bicicletas e peças para motocicletas. De acordo com o executivo, a nova estrutura chega para otimizar as operações.

O diretor-comercial da Proimport, Fernando Meira, diz que a companhia atua desde 2005 em Itajaí mas, de acordo com o crescimento da empresa e aumento da demanda, foi necessário ocupar espaços maiores e com melhor infraestrutura. “Santa Catarina representa 75% de nosso faturamento”, calcula. Números consolidados e a expectativa de crescimento na região não são divulgados.

O condomínio

O Mega Centro Logístico Itajaí possui 52 mil m² de área construída, disponibiliza armazéns com pé-direito de 12,5 metros, capacidade de piso de 6 toneladas por m² e docas hidráulicas. O empreendimento está localizado no entroncamento da BR 101 com a SC 470, rodovia que liga a região Oeste ao Vale do Itajaí. Além disso, está a 6 km do porto do município e a 16 km do Complexo Portuário de Navegantes.