Sexta-feira, 20 de julho de 2012 - 11h36
BTP adquire equipamentos para análise de carga
Contrato com a Smiths Detection prevê a entrega de dois portais no novo terminal em construção em Santos

A Brasil Terminal Portuário (BTP), empresa constituída em 2007 para construir e operar um terminal multiuso para a movimentação de contêineres e granéis líquidos na região da Alemoa, no Porto de Santos, fechou contrato com a Smiths Detection, especializada em soluções de segurança para os mercados civil e militar, para a compra de dois equipamentos destinados a análise de cargas de alto volume.

Os portais, do modelo HCPV, são capazes de inspecionar até 195 cargas de caminhões ou contêineres por hora, com uma velocidade de digitalização das informações com o veículo a 7 km/h. O objetivo do processo de vistoria é garantir o fluxo contínuo de veículos no terminal, evitando o acúmulo de cargas e caminhões. Os equipamentos são capazes de escanear através de paredes de aço de 230 a 300 mm.

Formada a partir de uma joint venture entre as empresas Terminal Investment Limited (TIL) e APM Terminals, a BTP deve iniciar as operações do terminal, localizado em uma área de 490.000 mil m² na margem direita do Porto de Santos, no segundo trimestre de 2013. O local terá capacidade para operar com cerca de 1,2 milhão de contêineres e 1,4 milhão de toneladas de granéis líquidos. Ao todo, a empresa deve investir R$ 1,8 bilhão na obra e na aquisição de equipamentos, além de serviços de descontaminação da área.

A Smiths Detection, pertencente ao Grupo Smiths, atua globalmente no desenvolvimento e na fabricação de produtos e sistemas de identificação de explosivos, agentes químicos e biológicos, armas e contrabando. A unidade brasileira abrange todo o território nacional com escritórios comerciais em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.