Quarta-feira, 27 de novembro de 2013 - 10h48
Odebrecht arremata trecho mato-grossense da BR-163
Nova concessionária apresentou os melhores valores de pedágio

A Odebrecht venceu o leilão pela concessão do trecho da rodovia BR-163 localizado no Mato Grosso. O pleito foi realizado hoje, dia 27 de novembro, pelo governo federal. A proposta, que apresentou uma tarifa de pedágio de R$ 2,638 para cada 100 quilômetros de rodovia, representou um deságio de 52% em relação ao valor máximo, fixado em R$ 5,50.

A empresa será responsável, durante 30 anos, pela infraestrutura e prestação dos serviços públicos de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade do trecho, que tem extensão de 850,9 km entre a divisa com o estado do Mato Grosso do Sul e o km 855, no entroncamento com a rodovia MT-220, na cidade de Sinop, atravessando 19 municípios do Mato Grosso.

De acordo com o Programa de Exploração da Rodovia (PER), até o quinto ano de concessão a Odebrecht deverá implantar vias marginais em travessias urbanas, interseções e passarelas, além de realizar melhorias de acesso. Na cidade de Rondonópolis está prevista a implantação de um contorno com 10,9 km.

“Alcançamos a modicidade tarifária e os investimentos chegam em torno de R$ 4,6 bi ao longo dos 30 anos, com 10% da duplicação feita no primeiro ano. Alcançamos todos os resultados desejados”, afirmou o ministro dos Transportes, César Borges, após o leilão.