Segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 - 9h12
Corredor de Exportação de Paranaguá tem seu melhor mês de janeiro
Movimentação superou em 34% o recorde anterior, alcançado no primeiro mês do ano passado

O Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá (PR) ultrapassou no mês passado, pela primeira vez em sua história, a marca de 1 milhão de toneladas movimentadas em um mês de janeiro. Foram embarcadas 1,34 milhão de t de grãos, crescimento de 34% em relação ao recorde anterior, estabelecido em janeiro de 2015.

O milho, principal carga exportada ao longo do primeiro mês do ano, apresentou alta de 26,2% em relação a janeiro do ano passado. Neste começo de 2016, foram embarcadas 737 mil t do grão, enquanto no ano passado foram exportadas 583 mil t do produto.

O volume movimentado de soja em grão, por sua vez, foi cinco vezes superior ao registrado em janeiro do ano passado. Nos primeiros trinta e um dias de 2016 foram exportadas 311 mil t, enquanto no mesmo período de 2015 foram 61 mil t do grão. Com o farelo de soja, a alta foi de 43,3% no período, com 295 mil t exportadas este ano.

A perspectiva é que os altos volumes persistam nos próximos meses. Segundo a estimativa de escoamento dos terminais que operam pelo Corredor de Exportação, mais de 5 milhões de t de grãos devem ser embarcadas entre fevereiro e abril deste ano. No ano passado foram 3,9 milhões de t movimentadas no mesmo período.

“A expectativa do produtor é que o câmbio se mantenha favorável para as exportações ao longo de todo o ano de 2016. Com isso, teremos um grande movimento de cargas chegando ao Porto de Paranaguá mesmo fora do pico da safra”, explica o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.