Quarta-feira, 13 de abril de 2016 - 14h19
Bandeirantes disponibiliza acompanhamento on-line dos processos de agendamento
Site do terminal alfandegado informa sobre possíveis fatores impeditivos sobre a retirada das cargas

A Bandeirantes Logística Integrada divulgou, durante a Intermodal South America, seu serviço de agendamento de cargas on-line. Com ele, as transportadoras podem acompanhar todos os detalhes do agendamento das cargas, como possíveis imprevistos que podem alterar o planejamento dos clientes. Assim o tempo é otimizado e o processo, acelerado.

Toda carga de importação que chega à área da Bandeirantes precisa contar com a atuação do despachante. Ele é o responsável pela liberação da documentação que será enviada à transportadora. De posse disso, ela então precisa interagir no site da empresa. “A transportadora, escolhida pelo meu cliente, tem uma senha de acesso. Ela entra no nosso site utilizando seu perfil e, assim, é possível realizar o agendamento da retirada da carga”, explica a gerente de Vendas Kelly Reis.

Porém, em alguns casos, há impeditivos nesse processo, que não dependem do terminal. Ao identificar a grande quantidade de ligações de transportadoras para saber o que as impedia a realização do agendamento, a empresa percebeu que poderia agilizar esse processo, facilitar o trabalho das transportadoras e ajudar na resolução dos problemas. Com este novo sistema, esses impeditivos já são disponibilizados on-line. Com isso, o recebimento das cargas pelos clientes é otimizado.

Certificação

A empresa também divulgou que conquistou, pela primeira vez, a certificação Sassmaq (Sistema de Avaliação de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade), elaborada pela Comissão de Transportes da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). A partir de agora, a empresa é certificada no módulo rodoviário, em que são avaliados os operadores logísticos que atendem a indústria química, realizando transporte de produtos químicos, petroquímicos e farmacêuticos.

A certificação tem como objetivo aperfeiçoar o processo de qualificação e avaliação contínua dos riscos envolvidos nas operações de transporte e distribuição dos produtos, atendendo a padrões técnicos exigidos pelas indústrias do segmento. A avaliação é realizada por um órgão certificador independente, credenciado junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).