Quarta-feira, 29 de maio de 2019 - 10h32
Mercedes apresenta câmbio automatizado e amplia gama de produtos do Accelo
Jamef já testa o equipamento em suas operações; novo caminhão chega para ser o veículo de entrada da família

A Mercedes-Benz e a Jamef realizaram ontem, 28 de maio, em São Paulo, um evento para anunciar os testes que as companhias iniciaram com os caminhões Accelo equipado com câmbio totalmente automatizado. Desde outubro do ano passado, a transportadora aplica em suas operações dois modelos do veículo – o médio 1316 6x2 e o leve 1016 – em serviços de entregas urbanas de encomendas urgentes e nas operações de transferência de carga entre suas unidades.

“O Mercedes-Benz Accelo, que sempre atendeu as nossas expectativas, surpreendeu na versão automatizada, com bons resultados operacionais para a empresa”, afirma o diretor de Operações da Jamef, Michael Oliveira. Segundo ele, foi constatada melhora no consumo, redução de 3%, trazendo economia para a operação de transporte. Além disso, continua, a tecnologia demanda menor custo de manutenção. “Já o motorista ganha em conforto de dirigibilidade, melhor performance e produtividade”, completa.

De acordo com o executivo, a Mercedes-Benz se encaixa na logística de transporte da Jamef. Os números comprovam o que diz Oliveira. Hoje, a transportadora conta com uma frota total de 1.200 veículos, sendo 630 próprios. Destes, 205 são da montadora alemã – 100 Accelos 815, 26 Ategos 1419, dez trucks e 69 cavalos-mecânicos.

Segundo o vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus, Roberto Leoncini, a expectativa é positiva. “Nossa meta é a de que este ano 15% das vendas do modelo Accelo seja com o câmbio automatizado.” Para 2022, revela, o objetivo é ampliar para 25%.

Divulgação

Câmbio automatizado

O câmbio automatizado sem pedal de embreagem é um item opcional para clientes do Accelo, que continuam contando com a versão de câmbio manual. Para o 815 está disponível o modelo Eaton 6106A. Para o 1016 e o 1316 é a versão Eaton 6206A. Estes câmbios de seis marchas se caracterizam pelo escalonamento de marchas, com primeira reduzida de 6,20 e última marcha com overdrive 0,78, combinando partida em rampa e altas velocidades operacionais, tornando os caminhões aptos para trafegarem no intenso tráfego urbano, assim como em rodovias.

Essa tecnologia traz a combinação do câmbio mecânico com acionamento automatizado das trocas de marchas, sem pedal de embreagem. A grande vantagem é a otimização do consumo de combustível, pois o câmbio tem potencial para minimizar as diferenças de condução entre os motoristas, fazendo com que a média de consumo da frota melhore significativamente.

No caso do Accelo, a redução de consumo de combustível pode atingir até 3% em operações urbanas pela automatização e inteligência aplicada no câmbio. Dessa forma, o câmbio automatizado mostra-se a solução para os caminhões que circulam nas cidades, onde as trocas de marchas são constantes, aliviando o estresse do motorista e tornando a condução muito mais segura.

Além disso, o câmbio automatizado prolonga a vida útil da embreagem em pelo menos duas vezes, reduzindo em muito o custo de manutenção e operação do veículo.

Esse câmbio conta com dois modos de condução: função Eco (mais econômica) e Power (para situações de subidas/serras e ultrapassagens). A tecnologia também tem sistema que reconhece a inclinação da pista e a carga do veículo realizando a troca de marcha de forma mais correta e adequada de acordo com as condições de pista e do veículo. Além disso, vem equipado com auxílio de partida em rampa, facilitando a operação do veículo e aumenta a segurança.

O Accelo possui, ainda, freio ABS, EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem nos eixos) e ASR (controle de tração das rodas).

Ampliação do portfólio

Além do câmbio automatizado, a Mercedes-Benz amplia portfólio do Accelo com nova versão de entrada. Para alcançar crescimento nas vendas, a empresa definiu algumas estratégias, como conquistar clientes. Para isso, a marca está lançando uma nova versão de entrada, com cabina curta, coluna de direção fixa, banco do motorista estático e fixo para os dois acompanhantes. Essa configuração é válida para os três modelos da linha: os leves 815 e 1016 e o médio 1316.

Essa versão oferece mais opções para que os clientes configurem seu caminhão de acordo com suas necessidades. Independentemente do modelo escolhido, a Mercedes-Benz garante os atributos do Accelo, como força, robustez e conforto para o transporte e distribuição urbana, com excelente custo-benefício.

Além disso, esse caminhão se destaca pelo valor de revenda, vantagem importante na hora de renovar a frota, especialmente para o autônomo, que fica mais tempo com o caminhão. O Accelo também se destaca pelo menor índice de depreciação do veículo usado da categoria, o que significa que o cliente necessita de menor valor a desembolsar na compra de um zero km.