Quinta-feira, 5 de setembro de 2019 - 10h37
Manserv investe em sistema que mede a produtividade da frota de ativos
Uso da tecnologia deve proporcionar uma economia de cerca de R$ 500 mil ao ano

Como parte do desenvolvimento tecnológico de suas operações, a Manserv Logística investiu no desenvolvimento de um sistema de medição de produtividade de equipamentos móveis utilizando dados de telemetria.  Chamado ManservFleet, o sistema está sendo utilizado pela empresa desde o mês de maio e a previsão é que ele proporcione uma redução de custos de cerca de R$ 500 mil ao ano.

A Manserv trabalha com modelos de contrato por medição de produtividade, no qual o cliente paga o serviço de acordo com a disponibilidade física e as horas trabalhadas de cada máquina. O ManservFleet, foi desenvolvido com o objetivo de automatizar o fechamento dessas medições e proporcionar ferramentas de gestão operacional.

“Com essa tecnologia, conseguimos agilizar o fechamento das medições ocorrendo em tempo real e aumentar a transparência na contabilidade de dados através das auditorias realizadas pelos nossos clientes”, afirma Caroline Pereira, gerente de Engenharia da Manserv Logística.

O sistema foi implementado inicialmente em 183 equipamentos de transporte rodoviário e logística interna que operam nos segmentos de siderurgia, indústria de base e centros de distribuição, em clientes dos estados do Rio de Janeiro, Maranhão e Bahia. Ele é composto por uma plataforma web e dois aplicativos: o ManservFleet Analytics, para gestão operacional e financeira, e o ManservFleet Driver, utilizado pelos operadores em tablets acoplados nas cabines das máquinas.

Com o monitoramento dos equipamentos é possível avaliar em tempo real como a condução é realizada, ativar o modo condução perigosa e também receber alertas de desvios. Além de contemplar tudo isto, o app ManservFleet Driver também disponibiliza testes de atenção para medir o grau de concentração dos operadores antes do início do turno, check list de equipamentos, consulta de instruções de trabalho e um módulo para apontar qualquer incidente que possa ter acontecido durante a operação. Nele, o operador pode tirar fotos do ocorrido e em seguida fazer o upload no aplicativo para conhecimento de todos os envolvidos.

“Todas as nossas inovações têm como foco aumentar nossos níveis de eficiência, sem deixar de lado a segurança dos nossos colaboradores, que é uma das nossas maiores prioridades”, completa Caroline.