Segunda-feira, 2 de dezembro de 2019 - 11h09
ID Logistics adquire empresa especializada em e-commerce nos EUA
Compra da Jagged Peak expande a presença do operador logístico na América do Norte

A ID Logistics anunciou a aquisição da norte-americana Jagged Peak, empresa de serviços logísticos especializada em comércio eletrônico e multicanalidade. O objetivo do operador logístico de origem francesa com a compra é expandir sua presença geográfica e buscar novas oportunidades na América do Norte.

Fundada em 2000 na cidade de Tampa, na Flórida, a Jagged Peak faturou 80 milhões de dólares em 2018 e possui aproximadamente 200 colaboradores. De acordo com a ID Logisitics, a empresa se destaca por sua capacidade de preparação e distribuição de pedidos nos Estados Unidos e por sua rede própria e de parceiros, graças a uma organização eficiente e um sistema de tecnologia da informação exclusivo.

Essa ferramenta de gerenciamento integrado, que inclui módulos de gerenciamento de pedidos, de gerenciamento de armazém e de transporte, oferece aos principais clientes de comércio eletrônico a oportunidade de distribuir seus produtos pela América do Norte em tempo recorde.

“Essa aquisição representa uma oportunidade estratégica excepcional para estender a presença geográfica do grupo a um novo continente. Além do mercado americano, um país com um potencial muito forte para nossa atividade, essa operação demonstra a confiança e a satisfação da Nespresso, um de nossos clientes mais antigos, que nos confia a gestão de seus fluxos logísticos nos Estados Unidos”, destaca Eric Hémar, CEO da ID Logistics.

Uma parte significativa da receita da Jagged Peak é obtida com a Nespresso, pela preparação e distribuição para os seus canais de negócios B2B e B2C. Cliente antigo da ID Logistics na Europa, a Nespresso poderá contar agora com a experiência do operador e expandir sua parceria para os Estados Unidos, um de seus mercados em rápido crescimento.

A negociação está avaliada em US$ 15 milhões de dólares e o fechamento do negócio é esperado antes do final de 2019, após aprovação pelas autoridades americanas competentes.