Terça-feira, 10 de março de 2020 - 14h20
BYD fornece 20 caminhões elétricos para transportadora equatoriana
Unidades serão aplicadas pela Transcarsell na movimentação de contêineres

 BYD assinou, no último dia 21 de fevereiro, um acordo para levar a primeira frota de caminhões elétricos para o Equador. O negócio foi firmado entre representantes da empresa de transporte Transcarsell e da BYD Equador e estabelece a aquisição de 20 caminhões elétricos para o transporte de contêineres. O primeiro caminhão será entregue em agosto de 2020 e o restante em 2021.

O caminhão BYD 100% elétrico para carga pesada é equipado com baterias de fosfato de ferro-lítio, com vida útil de 15 anos e uma autonomia de 150 quilômetros com uma única carga. O veículo possui o eixo de transmissão integrado do caminhão e um sistema de controle desenvolvido pela BYD. O sistema de energia eletro-hidráulico facilita muito a direção e garante uma capacidade de carga de 31,5 toneladas.

Divulgação

O caminhão tem como vantagem operar silenciosamente, com zero emissões e, segundo a montadora, com baixos custos operacionais. Além disso, ele vem equipado com um sistema de controle de cruzeiro. “Com a chegada desses caminhões ao Equador, estamos intensificando nossos esforços para ajudar o país em sua transição para a mobilidade elétrica e um futuro mais verde”, diz o gerente Nacional da BYD Equador, Jorge Burbano.

Já o gerente Geral da Transcarsell, Lenin Garzon, afirma que está interessado em continuar a crescer com a empresa, refletindo o compromisso com o país, os trabalhadores e os clientes. “Quero que minha empresa seja a primeira do tipo a usar caminhões que não só me permitam economizar, mas também ajudem a reduzir as emissões de carbono em nosso setor.”

Atualmente, o mercado latino-americano da BYD está em expansão e seus ônibus, táxis e caminhões 100% elétricos estão atendendo diferentes países da região, incluindo Brasil, Chile, Colômbia, Argentina, Peru e Uruguai. Globalmente, os veículos da BYD se espalharam por mais de 300 cidades, em mais de 50 países e regiões.