Quarta-feira, 8 de abril de 2020 - 9h59
Sotreq apresenta ao mercado caminhão fora-de-estrada para o setor de mineração
Haulmax 3900D tem capacidade de carga de 80 toneladas e vida útil de 60 mil horas

A Sotreq traz para o Brasil o caminhão fora-de-estrada Haulmax 3900D. O veículo, destinado às movimentações do setor de mineração,

possui capacidade para transportar 80 toneladas de carga em distâncias de até 50 quilômetro sem causar danos ao pneus. Além disso, tem vida útil estimada em 60 mil horas, o triplo da vida útil dos caminhões rodoviários usados na mesma aplicação, resultando em menos troca de ativos a longo do tempo.

O engenheiro e consultor de Vendas da Sotreq, Ademar Amaral, afirma que o lançamento é a melhor opção para atender empresas de mineração que necessitam de alta produtividade em grandes distâncias de transporte e melhor custo por tonelada transportada.

O chassi do Haulmax 3900D é fabricado pela Elphinstone e os componentes pela Caterpillar, com o suporte, que inclui peças e serviços, realizado pela Sotreq em todo o Brasil. “O caminhão Haulmax, por ter um payload bem maior que o rodoviário, permite match com uma unidade de carregamento – escavadeira – de maior capacidade, reduzindo a quantidade de caminhões no site da mina”, explica Amaral.

Divulgação

Sergemar Júnior, consultor de Vendas da Sotreq, explica que, por suas características de projeto, o Haulmax chega para atender a um nicho de mercado bastante específico, que une as características de um caminhão fora-de-estrada com a versatilidade de transportar minério por grandes distâncias.

De acordo com a Sotreq, com o novo caminhão as mineradoras têm uma opção às constantes aquisições que fazem de caminhões rodoviários, que acabam não suportando o processo intenso de trabalho que o transporte de minério exige. Vale lembrar que enquanto o Haulmax 3900D roda em média 60 mil horas, os ativos rodoviários precisam ser substituídos a cada 20 mil horas.

A aplicação do Haulmax 3900D, portanto, segundo a Sotreq, possibilita melhor custo final por tonelada transportada devido à maior produtividade, durabilidade e robustez.