Segunda-feira, 6 de julho de 2020 - 9h45
Açu Petróleo movimenta 2 milhões de barris de óleo para a Shell
Operação de transbordo de petróleo foi realizada nos navios Lena Knutsen e Vigdis Knutsen para a embarcação VLCC Wasit

A Açu Petróleo realizou a primeira operação de transbordo de petróleo por meio de um navio da classe Very Large Crude Carrier (VLCC) para a Shell Brasil Petróleo. A movimentação aconteceu entre os dias 11 e 14 de junho, com a transferência de 2 milhões de barris de óleo cru dos navios Lena Knutsen e Vigdis Knutsen para a embarcação VLCC Wasit.

Divulgação

O CEO da Açu Petróleo, Victor Snabaitis Bomfim, explica que o terminal da Açu Petróleo no Porto do Açu (RJ) possui uma localização estratégica para exportação, entre as bacias de Santos e de Campos, e profundidade nominal de 25 metros, o que permite a atracação de navios do porte de VLCCs. “O sucesso dessa operação para a Shell Brasil Petróleo reforça a importância de movimentar grandes volumes de óleo por meio de transbordo em terminais abrigados, garantindo elevado padrão de segurança e cuidado com o meio ambiente, além da maior previsibilidade, o que aumenta a competitividade do petróleo brasileiro”, diz.

A Açu Petróleo, acordo entre a Prumo e a alemã Oiltanking, está licenciada para movimentar até 1,2 milhão de barris de petróleo por dia em seu terminal, além de possuir autorização ambiental para investimento futuro em um parque de armazenamento e tratamento de óleo cru. A companhia informa que, atualmente, cerca de 25% das exportações de petróleo brasileiras passam pelo terminal.