Quinta-feira, 20 de agosto de 2020 - 9h44
Volkswagen comercializa 1.350 caminhões ao Grupo Vamos
Contrato abrange 20 modelos diferentes de veículos que serão ofertados como locação para o mercado de transporte

A Volkswagen Caminhões e Ônibus fechou um acordo para fornecer 1.350 caminhões ao Grupo Vamos, unidade de negócios voltada a locações e vendas de veículos comerciais pesados da Simpar, holding que passou a agregar todos os negócios do Grupo JSL depois de seu processo de reorganização societária. Segundo a montadora trata-se de um recorde histórico de vendas a um cliente em lote único.

As entregas estão agendadas desde a primeira quinzena de agosto até dezembro e o contrato abrange 20 modelos diferentes de veículos para suprir a demanda do Grupo Vamos, que inclui renovações de contratos e conquista de clientes nos últimos meses. Atualmente, a marca Volkswagen representa cerca de 60% da frota de caminhões da companhia de locação e venda.

Divulgação

“Reabrimos o segundo turno de produção em nossa fábrica em Resende (RJ) para alavancar, com total segurança para os colaboradores, a montagem de nossos veículos Volkswagen em grande parte devido a esse pedido que fechamos com o Grupo Vamos. Aluguel de caminhões é uma tendência no mercado nacional, caracterizando-se como uma alternativa muito interessante, dadas as facilidades que oferece, especialmente num cenário de grande desafio econômico como o atual, em que a capacidade de investimento de muitas empresas está comprometida”, afirma o presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Roberto Cortes.

A atividade do Grupo Vamos está focada em locações sob medida. As unidades são adquiridas para atender contratos em que clientes e a locadora definem o tipo de veículo mais adequado e com melhor valor agregado à sua aplicação. Todos os elos da cadeia são envolvidos nesse processo de consultoria, desde o gestor da frota da empresa cliente até o motorista, para que seja eleita a solução com a melhor relação custo-benefício total de operação.

“A locação de caminhões vem registrando interesse crescente pois atende melhor e de forma mais eficiente às necessidades das empresas na busca por maior produtividade, melhor alocação de capital, menor endividamento e redução de custos. Isso tem feito com que as empresas cada vez mais busquem esse modelo para renovação e ampliação das suas frotas de caminhões, efetivamente trazendo maior eficiência para suas operações, com veículos mais modernos, com menores custos de manutenção e de consumo de combustível e com maior disponibilidade”, analisa o CEO do Grupo Vamos, Gustavo Couto.