Segunda-feira, 7 de dezembro de 2020 - 10h00
Fraldas Panda otimiza operações logísticas com aplicação dos sistemas da MáximaTech
Companhia adota maxMotorista e maxRoteirizador a fim de gerar eficiência e visibilidade nas rotinas de entrega

A Fraldas Panda anuncia que adotou os aplicativos maxMotorista e maxRoteirizador com o objetivo de ter mais eficiência e visibilidade nas rotinas de entrega de cerca de 5 mil fraldas por dia, As ferramentas, desenvolvidas pela MáximaTech, empresa especializada em soluções para força de vendas, e-commerce, trade marketing e logística para a cadeia de abastecimento, substituíram processos informais anteriormente utilizados pela Fraldas Panda na logística de transporte.

Antes, sem o auxílio de uma tecnologia, o processo logístico e as rotas eram definidas de maneira que não existia um planejamento que possibilitasse o aproveitamento de janelas e levasse em consideração condições de entrega, como o melhor dia e horário. O maxRoteirizador permitiu que a empresa realizasse essa etapa de maneira estratégica, traçando melhores caminhos, de modo que as entregas aconteçam no menor tempo e quilometragem possíveis.

Além disso, segundo a indústria de fraldas, com o maxRoteirizador também é possível obter uma melhor ocupação da frota, utilizando o espaço do carregamento de forma mais otimizada. Assim, a empresa consegue melhorar as atividades relacionadas às entregas, economizar na etapa logística e superar antigos desafios.

“Conseguimos traçar os percursos levando em consideração a distância, o local, as restrições do cliente e os tipos de caminhão e de mercadoria. Como resultado, as entregas se tornaram mais ágeis, aumentamos nossa produtividade e reduzimos os custos com combustíveis, já que os motoristas passaram a ser guiados por rotas otimizadas”, explica a responsável pela logística da Fraldas Panda, Suellen Miranda.

Divulgação

Já o maxMotorista substituiu o controle de campo, que era realizado por telefone. “Dependíamos de contato telefônico para saber o andamento das entregas. Hoje, eliminamos esse processo oneroso e temos acesso às informações em tempo real, tanto em relação ao cumprimento da rota, quanto em relação ao retorno dos profissionais à empresa para programar as próximas cargas”, comenta Suellen.

As duas soluções permitiram, ainda, diz a executiva, mais controle das entregas e rotas realizadas e, diante disso, a devolução de mercadorias foi reduzida. Essa mudança é consequência do acompanhamento do processo de ponta a ponta, feito pela empresa, que agora consegue tomar decisões no ato da entrega, evitando idas e vindas de produtos.

De acordo com o responsável pelas soluções de Logística da MáximaTech, Gustavo Pinheiro, a otimização das entregas proporcionadas por essas soluções faz diferença não só para a automação do negócio, como também para sua evolução.

“A empresa conseguiu reduzir o tempo de fechamento das cargas, melhorou o uso da cubagem dos veículos e passou a calcular rotas inteligentes. Somados, todos os fatores proporcionam mais agilidade nas entregas e, consequentemente, mais produtividade da equipe, sem contar a redução de custos por ter seus processos controlados”, pontua Pinheiro.