Quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 15h15
Empresa de drones XMobots entra para o setor logístico
Equipamentos poderão transportar até 41 kg de carga e percorrer uma distância máxima de mil km

A XMobots, empresa brasileira de drones, obteve aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para realizar voos experimentais da aeronave não tripulada FW 150, capaz de transportar até 41 kg de carga. Com a novidade, a XMobots anuncia que está entrando no setor logístico, buscando democratizar o acesso aos benefícios logísticos proporcionados pelo uso de drones no delivery.

Denominada Drargo, um acrônimo de drone + cargo, a solução contemplará drones de 150 kg e uma central de comando onde ficarão os pilotos responsáveis pela operação remota. Os equipamentos podem percorrer uma distância máxima de mil km, respeitando a relação entre o peso transportado e a distância.

De acordo com o CEO da XMobots, Giovanni Amianti, além de atender demandas dos mercados offshore e de mineração, levar medicamentos e vacinas a comunidades isoladas é um dos principais propósitos da tecnologia. “Infelizmente, pessoas ainda perdem vidas no Brasil aguardando transfusão de sangue, aguardando antídotos ou simplesmente devido à falta de antibióticos e outros medicamentos.  Nossa expectativa com esse lançamento é encurtar essas distâncias e facilitar esse acesso”, afirma.

Ele explica que o drone em si já está pronto, mas que ainda há um longo período de testes pela frente, além de etapas a serem vencidas, como certificação e gestão de tráfego. “Sabemos que é um projeto inovador, com potencial para transformar vidas, democratizar acessos e mudar os hábitos de consumo das pessoas distantes do fast delivery. E que, em breve, o same day delivery para o interior será uma realidade em todo o Brasil”, conclui Amianti.

Fundada em 2007, a XMobots conta com 170 colaboradores, dos quais cerca de 60 são engenheiros que compõem a equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa. Em 2019 a XMobots recebeu um investimento no valor de R$ 30 milhões do fundo Aerotec, e atualmente a empresa está participando de uma nova rodada com fundos de private equity.