Quinta-feira, 24 de junho de 2021 - 12h16
Vamos Locação adquire BMB Brasil e BMB México
Companhias se tornam subsidiárias da Vamos Seminovos; nos últimos 12 meses, empresas adquiridas reportaram receita bruta de R$ 98,4 milhões

A Vamos Locação de Caminhões, Máquinas e Equipamentos divulga que adquiriu 70% da BMB Mode Center e 70% da BMB México, tornando as duas companhias subsidiárias da Vamos Seminovos.

A BMB Brasil foi fundada há 20 anos, atuando como centro de customização de caminhões e ônibus Volkswagen/Man. Em 2017, foi fundada a BMB México, com o objetivo de realizar a customização de veículos pesados da Volkswagen/Man no México.

No acumulado dos últimos 12 meses (junho de 2020 a maio de 2021), a BMB reportou uma receita bruta de R$ 98,4 milhões – crescimento de 43% em relação ao exercício de 2020 –, sendo 95% desta receita proveniente das operações do Brasil e o remanescente da operação do México. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2021, a BMB reportou uma receita bruta de R$ 52,6 milhões (crescimento de 130% em relação ao mesmo período de 2020). Em 31 de maio de 2021, a BMB reportou um caixa líquido de R$ 3,6 milhões.

De acordo com a Vamos Locação de Caminhões, Máquinas e Equipamentos, a aquisição da BMB irá alavancar o desenvolvimento dos negócios da Vamos, tanto na locação quanto na comercialização de veículos pesados, oferecendo soluções customizadas.

Ainda segundo a companhia o negócio traz contribuição quanto à tecnologia e expertise em customização de veículos pesados, cria uma plataforma de produtos e fomenta a internacionalização. Vale ressaltar que os principais executivos da BMB, Marcos Balbinot e Sergio Secco, permanecem como acionistas e executivos à frente da empresa, tendo autonomia para liderar as atividades atualmente desenvolvidas.

Está é a quarta aquisição da Vamos no ano e reforça a estratégia da companhia em comprar empresas que sejam complementares às suas atividades a fim de aumentar o valor agregado dos produtos e serviços oferecidos.

Números

O contrato e o termo preveem a aquisição pela Vamos Seminovos de 70% da BMB por R$ 43,3 milhões de Enterprise Value ("EV"), valor que será ajustado com base na dívida líquida/caixa líquido, capital de giro e outros ajustes usuais neste tipo de transação. O valor de R$ 15,5 milhões foi pago à vista e o valor remanescente será pago em 36 parcelas mensais iguais, corrigidas por 100% do CDI.

O atual acionista da BMB Brasil, Marcos Balbinot, permanecerá com os 30% remanescentes da BMB Brasil e os atuais acionistas da BMB México, Marcos Balbinot e Sergio Secco, permanecerão com 20% e 10%, respectivamente, da BMB México.

A Vamos Seminovos terá o direito de adquirir, e os atuais sócios da BMB Brasil e da BMB México terão o direito de vender, a partir do terceiro ano, a participação remanescente do capital da BMB, por um preço a ser determinado conforme o Acordo. O preço de aquisição da parcela remanescente será pago em dinheiro.