Quinta-feira, 19 de agosto de 2021 - 12h34
Continental mira na intralogística e investe na Kopernikus Automotive
Empresa que recebeu o aporte é especializada em tecnologias de direção autônoma

A Continental investiu na startup especializada em tecnologias de direção autônoma, Kopernikus Automotive. O acordo, segundo a empresa, focará no desenvolvimento de soluções de automação de manobra, que recebe o nome de Automated Valet Parking (AVP). Localizada em Leipzig, a Kopernikus desenvolve produtos para a automação de manobras de veículos.

Os ativos desenvolvidos pela empresa contam com uma tecnologia sensorial instalada na infraestrutura dos automóveis e com o auxílio de algoritmos baseados em inteligência artificial movimentam os veículos de maneira centralizada.

Segundo a Kopernikus, no futuro os motoristas entregarão seus veículos a uma infraestrutura que os estacionará de forma autônoma. A mediação será feita por meio de um aplicativo e os algoritmos baseados em inteligência artificial serão responsáveis por garantir uma orientação segura dos carros. A companhia garante que os recursos poderão ser implementados de forma econômica em qualquer local de parada.

O pré-requisito para obter o aparato de manobra é uma função adicional chamada de Central de Controle de Movimento, que converte a trajetória especificada pela infraestrutura inteligente no controle dos respectivos atuadores. Os componentes embarcados necessários para a instalação dos sensores são uma transmissão automática, um freio de estacionamento elétrico, assistência de direção elétrica e uma unidade de comunicação inteligente.

“No futuro, os carros nas fábricas, centros de logística e garagens serão movimentados de forma autônoma. A Kopernikus e a Continental estão trabalhando juntas para desenvolver uma solução segura, confortável e acessível. Na Continental, estamos trabalhando em duas soluções,  um procedimento de estacionamento autônomo baseado em dados de sensores de veículos e uma solução baseada em infraestrutura semelhante a cruzamentos inteligentes”, conta o chefe de Estratégia e Soluções Futuras para a área de negócios de Mobilidade Autônoma e Segurança na Continental, Ralph Lauxmann.