Quarta-feira, 6 de outubro de 2021 - 10h16
RV Ímola adota modelo sustentável de reutilização das embalagens de isopor
Também rentável, ação consiste na aplicação do material no isolamento térmico de uma nova câmara fria

A RV Ímola, empresa de logística de medicamentos e insumos ligados à saúde, adotou uma nova prática para o descarte de embalagens de isopor. De acordo com a empresa, o modelo, mais prático e rentável, consiste na reutilização do material no isolamento térmico de uma nova câmara fria.

A empresa calcula que a obra proporcionou uma economia superior a 85%, comparado aos modelos anteriores.

O operador logístico informa que recebe grande parte dos materiais que transporta e armazena em embalagens de isopor. A caixa que garante a temperatura e a proteção da carga gera impacto ao final de um determinado tempo. Estas embalagens, que além de fazer volume e ocupar espaço, precisam ser descartadas em ambiente correto.

De acordo com a companhia, diante de uma grande quantidade e após avaliar a possibilidade da sua reutilização, a empresa identificou a oportunidade de aplicar o formato e o primeiro teste foi na câmara. No total, foram utilizados cerca de 400 m² de isopor e a execução foi realizada em 10 dias.

Com os resultados positivos, a empresa informa que outras iniciativas já estão em andamento. “Os próximos passos serão instalar placas de isopor no forro de todos os armazéns climatizados e acreditamos que essa ação promoverá uma redução em 20% no consumo elétrico”, diz o vice-presidente operacional da RV Ímola, Lauro Traldi.

Ainda segundo o executivo, com a crescente demanda de serviços, a empresa já projetava a construção de uma nova câmara fria e o isopor poderia atender a necessidade do isolamento do ambiente. “A quantidade armazenada era mais que suficiente. Então o projeto foi colocado em prática”, pontua Traldi.